Hermenêutica Feminista da Suspeita como possibilidade de superação de epistemologias teológicas excludentes

Jaci de Fátima Souza Candiotto

Resumo


O artigo desenvolve uma das dimensões da hermenêutica teológica, que pode ser denominada de hermenêutica feminista da suspeita. Ela objetiva confrontar os textos canônicos reconhecidos como patriarcais e distinguir entre sua roupagem cultural e a mensagem a ser transmitida. A suspeita reside nessa roupagem, que normalmente associa a mensagem divina a uma linguagem e significação masculinas, a partir quais as mulheres parecem estar ausentes ou inativas. A hermenêutica feminista da suspeita objetiva reposicionar as mulheres e realçar suas ações no seio dos textos sagrados e eclesiais, de maneira que deixem de ser desqualificadas como meras coadjuvantes e auxiliares. Em um primeiro momento, estuda-se a relação entre hermenêutica teológica e hermenêutica teológica feminista; em seguida, o artigo especifica a hermenêutica da suspeita, especialmente como ela é praticada pela teóloga Elsa Tamez.


Palavras-chave


Hermenutica. Suspeita. Mulheres. Bíblia. Teología.

Texto completo:

PDF

Referências


BOFF, C. Teologia e Prática: Teologia do Político e suas Mediações. Petrópolis: Vozes, 1978.

BOHN GASS, L. Porta de entrada: A serviço da leitura libertadora da Bíblia. 9. ed. São Leopoldo: CEBI; São Paulo: Paulus, 2007. p. 93-94. (Série Uma introdução à Bíblia, v. 1)

BORNKAMM, G. Bíblia: Novo Testamento - introdução aos seus escritos no quadro da história do cristianismo primitivo. São Paulo: Editora Teológica, 2003.

BULTMANN, R. Jesus Cristo e mitologia. São Paulo: Editora Novo Século, 2000.

CEBI. Hermenêutica Feminista e Gênero, n. 155/156, São Leopoldo/RS, 2000.

CROATTO, S. J. Hermenêutica bíblica: Para uma teoria da leitura como produção de significado. São Leopoldo, RS: Sinodal; São Paulo: Paulinas, 1986.

CULLMAN, O. Cristologia do Novo Testamento. São Paulo: Editora Líber, 2001;

DEIFELT, W. Os primeiros passos de uma hermenêutica feminista: a Bíblia das Mulheres, editada por Elisabeth Cady Stanton. Estudos Teológicos, n. 32, p. 5-14, 1992.

FERRARIS, M. Historia de la hermenéutica. Madrid: Ediciones Akal, 2000.

E. S. Caminhos da sabedoria: uma Introdução à Interpretação bíblica feminista. São Bernardo do Campo, SP: Nhanduti Editora, 2009.

GEBARA, I. Hermenéutica Bíblica Feminista. In: TEPEDINO, A. M.; AQUINO, M. P. (Orgs.). Entre la indignación y la Esperanza. Teología Feminista Latinoamericana. Bogotá: Indo-American Press Service Ltda, 1998. p. 90-111.

GEFFRÉ, C. Como fazer teologia hoje: hermenêutica teológica. São Paulo: Paulinas, 1989.

GIBELLINI, R. A outra voz da teologia: esboços e perspectivas de teologia feminista. In: LUNEN-CHENU, M. T.; GIBELLINI, R. Mulher e Teologia. São Paulo: Loyola, 1992. p. 71-133.

HEIDEGGER, M. Ser e Tempo. Trad. Fausto Cstilho. Campinas: Editora da UNICAMP, 2012. (Muitilíngues de Filosofia UNICAMP).

MEE, T. O que consideramos que seja uma Hermenêutica de Gênero? In: AA. VV. Hermenêutica Feminista e Gênero. São Leopoldo: CEBI, 2000. p. 39-42.

MARTÍNEZ, J. M. Hermenéutica bíblica: cómo interpretar las sagradas escrituras. Barcelona: Terrasa, 1984.

NOGUEIRA, P. Os métodos histórico-críticos: pressupostos e pautas para renovação, Estudos teológicos, v. 59, n.2, 2019. p. 296-310.

PONTIFÍCIA COMISSÃO BÍBLICA. A interpretação da Bíblia na Igreja. 6. ed. São Paulo: Paulinas, 2004.

RICOEUR, P. De l’interpretation. Essai sur Freud. Seuil: Paris, 1965.

RUSSEL, L. M. Interpretación feminista de la Bíblia. Bilbao: Desclée de Brouwer, 1995.

SAKENFELD, K. D. Usos feministas de los materiales bíblicos. In: RUSSEL, L. M. (Ed.) Interpretación bíblica feminista de la Biblia. Trad. Ramón Alfonso Díez Aragon. Bilbao: Desclée de Brouwer, 1995. p. 65-76.

TABORDA, F. Feminino e teologia feminista no primeiro mundo - breve panorâmica para uma primeira informação, Perspectiva Teológica, n. 22, p. 311-337, 1990.

TAMEZ, E. La hermenêutica bíblica feminista en Iberoamérica. In: MARCOS, S. (Org.). Religión y Gênero. Madrid: Editorial Trotta, S.A. 2004, p. 41-65.

TAMEZ, E. Luchas de poder en los Orígenes del cristianismo: Un estudio de la Primera Carta a Timoteo. Santander: Sal Terrae, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/2175-1838.13.espec.DS17

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.