Imagens de Deus na Evangelium Vitae: o diálogo inter-religioso a favor da vida

Roberlei Panasiewicz

Resumo


Variadas são as imagens de Deus que perpassam as narrativas sagradas, o simbolismo cultural e, especificamente, o imaginário religioso das pessoas. Carregam consigo dimensões positivas e negativas, que aprisionam e que libertam. A encíclica Evangelium Vitae, ao discutir o valor e a inviolabilidade da vida humana, também lida com estas imagens. Critica a ‘cultura da morte’ e estimula a ‘cultura da vida’ propondo a promoção desta como condição para construção da paz. Utilizando a pesquisa teórica, este artigo tem por objetivo compreender as imagens de Deus que a encíclica enfatiza e verificar se elas favorecem o diálogo inter-religioso em prol do cuidado com a vida humana. Diálogo este percebido como possibilidade de aprofundamento e de fortalecimento da própria identidade que, na abertura e na alteridade, favorece e estimula transformações coletivas

Palavras-chave


Imagens de Deus. Evangelium Vitae. Diálogo inter-religioso.

Texto completo:

PDF

Referências


AMALADOSS, M. Pela estrada da vida. São Paulo: Paulinas, 1996.

BOFF, L. O pai nosso: a oração da libertação integral. 13. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

BUBER, M. Eu e tu. São Paulo: Cortez e Moraes, 1977.

CARAVIAS, J. L. O Deus de Jesus. Petrópolis: Vozes, 1987.

BERGER, P. Religião e construção do mundo. In: BERGER. Peter. Dossel sagrado. São Paulo: Paulinas, 1985.

BINGEMER, M. C. (Org.). Violência e religião: três religiões em confronto e diálogo. São Paulo: Loyola/PUC Rio, 2001.

ESTRADA, J. A. Imagens de Deus: a filosofia ante a linguagem religiosa. São Paulo:Paulinas, 2007.

EV. Carta encíclica Evangelium Vitae do Sumo Pontífice João Paulo II. 25 mar. 1995. Disponível em: . Acesso em: 10 ago. 2014.

GRÜN, A. Reconciliar-se com Deus: curando as feridas da alma. Petrópolis: Vozes, 2014.

HUMANITAS. La encíclica de Evangelium Vitae de Juan Pablo II: a 15 anos de su publicación. n. 24. 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2014.

LIBANIO, J. B. Linguagens sobre Jesus: de Cristo carpinteiro a Cristo cósmico. São Paulo: Paulus, 2013.

KONINGS, J. A imagem de Deus na Bíblia. In: BOGAZ, A. S.; COUTO, M. A. Deus, onde estás?: a busca de Deus numa sociedade fragmentada. São Paulo: Loyola, p. 21-48, 2001.

MAGIS. A carta encíclica Evangelium Vitae refletindo sobre o valor incomparável da vida humana. In: Cadernos de fé e cultura. PUC Rio, Rio de Janeiro, n. 10, 1996. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2014.

MESLIN, M. Desejo do pai e paternidade divina. In: MESLIN, M. A experiência humana do divino: fundamentos de uma antropologia religiosa. Petrópolis: Vozes, p.249-267, 1992.

PANASIEWICZ, R. Categorização de experiências transcendentais: uma leitura da religiosidade, da fé e da religião. In: Pistis e Praxis. Curitiba, n.2, v.5, p. 587-611, jul./dez. 2013. Disponível em:. Acesso em: 10 set. 2014.

PANASIEWICZ, R. Os níveis os as formas de diálogo inter-religioso: uma leitura a partir da teologia cristã. In: Horizonte. Belo Horizonte, n.3, v.2, p. 39-54, 2003.Disponível em: http://periodicos.pucminas.br/index.php/horizonte/article/

view/597/624>. Acesso em: 15 set. 2014.

ROOY, S. H. Imagens de Deus na história da igreja e sua relevância atual. In: Estudos Teológicos. Porto Alegre, n.2, v.15, 1975. Disponível em: . Acesso em: 28 set.2014.

SOBRINO, J. O aparecimento do Deus da vida em Jesus de Nazaré. In: RICHARD, P. (et al). A luta dos deuses: os ídolos da opressão e a busca do Deus libertador. São Paulo: Paulinas, 1985.

SUNG, J. M. Experiência de Deus: ilusão ou realidade? São Paulo: FTD, p. 20-34, 1991.

TEIXEIRA, Faustino. O diálogo inter-religioso. In: TEIXEIRA, Faustino; DIAS, Zwinglio M. Ecumenismo e diálogo inter-religioso: a arte do possível. São Paulo:Santuário, p. 119-221, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/revistapistispraxis.07.003.ds07

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.