BIOÉTICA NO INÍCIO DA VIDA

Christian de Paul de Barchifontaine

Resumo


Há uma grande dificuldade em explicar o que é a vida. Por mais de 2 mil anos, essa indefinição foi motivo de inquietação só para poucos filósofos. Em geral, nos contentamos em falar que vida é vida e pronto. Hoje, porém, a ciência mexe fundo nesse conceito. Expressões como “proveta” e “manipulação genética” estão cada vez mais presentes no cotidiano. E a pergunta sobre o que é a vida, e quando ela começa, virou uma polêmica que vai guiar boa parte da sociedade em que vamos viver. A resposta sobre a origem de um indivíduo será decisiva para determinar se aborto é crime ou não, e se é ético manipular embriões humanos em busca da cura para doenças como o mal de Alzheimer e deficiências físicas.


Palavras-chave


Início da vida; Embriões; Religiões; Bioética.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, M. Considerações de ordem ética sobre o início e o fim da vida. 1988. 81 f. Tese (Concurso de Livre-Docência) – Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, São Paulo, 1988.

CAMPS, V. Virtudes publicas. Madrid: Epasa, 1993.

CALLAHAN, D. Abortion: law, choice and morality. Cambridge Mass: Macmillan Co. University Press, 1970.

LENOIR, N.; MATHIEU, B. Les normes internationales de la bioéthique. Paris: PUF, 1998.

MÚNERA, A. D. Concepciones alternativas sobre sexualidad, reprodución, anticoncepción y aborto. In: ENCUENTRO SOBRE ASPECTOS PSICOLOGICOS Y ETICOS EN SALUD REPRODUCTIVA, 1., 1993, Montevideo. Anais...Montevideo:

[s.n.], 1993.

SOUSA SANTOS, B. Ciência. In: CARRILHO, M. M. (Ed.). Dicionário do pensamento contemporâneo. Lisboa: D. Quixote, 1991. p. 23-43.

UNITED NATIONS EDUCATIONAL, SCIENTIFIC AND CULTURAL ORGANIZATION – UNESCO. Declaração Universal dos Direitos Humanos. Assembleia geral da Organização das Nações Unidas (ONU), 10 de dezembro de 1948. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2009.

UNITED NATIONS EDUCATIONAL, SCIENTIFIC AND CULTURAL ORGANIZATION

– UNESCO. Declaração Universal sobre o Genoma Humano e os Direitos Humanos. Conferência Geral da Unesco, Paris, sessão 29, 1997. Disponível em:. Acesso em: 12 ago. 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/pp.v2i1.13499

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.