Percurso de um psiquiatra

Angela Ales Bello

Resumo


O artigo apresenta parte de uma conferência da autora num encontro de filósofos, psicólogos e psiquiatras que trataram do pensamento do renomado estudioso italiano Bruno Callieri – médico pioneiro na Itália na pesquisa multidisciplinar e na psicopatologia antropológica, e membro do Centro italiano de Pesquisas Fenomenológicas. Callieri, de fato, compreendeu que cada disciplina, se quer ser profundamente consciente dos seus fundamentos, deve retomar noções que superam o âmbito de uma pesquisa especialística. O autor superou o reducionismo que o positivismo comporta e se aventurou – já na sua juventude – no grande mar de uma pesquisa cujos confins estavam ainda por ser estabelecidos. 


Palavras-chave


Psicopatologia antropológica; Psiquiatria; Descrição fenomenológica; Mundo da vida.

Texto completo:

PDF

Referências


CALLIERI, B. Percorsi di uno psichiatra. Roma: Edizione Universitarie Romane, 1993.

CALLIERI, B. Corpo Esistenze Mondi: per uma psicopatologia antropológica. Roma: Edizione Universitarie Romane, 2007.

HUSSERL, E. Lezioni sulla sintesi passiva. Tr. it. di Vicenzo Costa. Milano:

Guerini e Associati, 1993.

HUSSERL, E. Idee per una fenomenologia pura e una filosofia fenomenologica. Nuova edizione a cura di Vicenzo Costa, Introduzione di Elio Franzini. Torino: Einaudi, 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/pp.v3i2.13250

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.