Bases teológicas cristãs para o discernimento do pluralismo religioso

Claudio de Oliveira Ribeiro

Resumo


A pesquisa girou em torno de possibilidades de discernimento bíblico-teológico das realidades sociais marcadas pelo pluralismo religioso. Metodologicamente, três passos foram dados: (i) a identificação da noção bíblica de alteridade, (ii) a identificação da abertura ao diálogo e a prática interativa que a visão trinitária da fé cristã oferece, e (iii) um levantamento das questões em torno do desafio da visão cristológica diante do quadro de valorização do pluralismo religioso. Os resultados da pesquisa mostram que cada expressão religiosa tem sua proposta salvífica e de fé, que deve ser aceita, respeitada, valorizada e aprimorada a partir de diálogo e aproximação mútuos. Tal perspectiva não anula nem diminui o valor das identidades religiosas — no caso da fé cristã, a importância de Cristo —, mas leva-as a um aprofundamento e amadurecimento, movidos pelo diálogo e pela confrontação justa, amável e corresponsável. Assim, a fé cristã, por exemplo, seria reinterpretada a partir do confronto dialógico e criativo com as demais fés. O mesmo deve se dar com toda e qualquer tradição religiosa.


Palavras-chave


Alteridade; Pluralismo religioso; Cristologia; Trindade.

Texto completo:

PDF

Referências


BOFF, L. A Trindade, a sociedade e a libertação. Petrópolis: Vozes, 1986.

BOFF, L. A Santíssima Trindade é a melhor comunidade. Petrópolis: Vozes, 1988.

BUBER, M. Sobre comunidade. São Paulo: Perspectiva, 1987.

DUPUIS, J. Rumo a uma teologia cristã do pluralismo religioso. São Paulo: Paulinas, 1999.

FORNET-BETANCOURT, R. Religião e interculturalidade. São Leopoldo: Nova Harmonia & Sinodal, 2007.

GEFFRÉ, C. Crer e interpretar: a virada hermenêutica da teologia. São Paulo: Vozes, 2004.

HAIGHT, R. Jesus, símbolo de Deus. São Paulo: Paulinas, 2003.

IDÍGORAS, J. I. Vocabulário teológico para a América Latina. São Paulo: Paulinas, 1983.

KNITTER, P. Introdução às teologias das religiões. São Paulo: Paulinas, 2008.

LÉVINAS, E. De Deus que vem à ideia. Petrópolis: Vozes, 2002.

MURARO, R. M.; BOFF, L. Feminino e masculino: uma nova consciência para o encontro das diferenças. Rio de Janeiro: Sextante, 2002.

RIBEIRO, C. O.; SOUZA, D. S. A teologia das religiões em foco: um guia para visionários. São Paulo: Paulinas, 2012.

SCHWANTES, M. Projetos de esperança: meditações sobre Gênesis 1-11. Petrópolis: Vozes; CEDI, 1989.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/revistapistispraxis.06.001.dv02

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.