A construção do Uno

Haroldo Reimer

Resumo


O artigo trata de indicar alguns elementos do processo de formação da ideia ou da concepção de um Deus Uno como expressão identitária dominante na cultura oficial do antigo Israel. O texto apresenta inicialmente, de forma panorâmica, alguns aspectos da história do antigo Israel para, a seguir, alocar nestes momentos os prováveis passos para a construção do ideário monolátrico e monoteísta do antigo Israel.

Palavras-chave


Monoteísmo. Tradição. Identidade religiosa. Poder. Antigo Israel

Texto completo:

PDF

Referências


ALBERTZ, R. Religionsgeschichte Israels in Alttestamentlicher Zeit. Gottingen: Vandenhoeck & Ruprecht, 1992. v. 1-2.

ALBERTZ, R. Die Exilszeit. 6. Jahrhundert v. Chr. Stuttgart; Berlin; Köln: Kohlhammer, 2001.

BENNETT, H. V. Injustice made legal: deuteronomic law and the plight of wi dow, strangers and orphans in ancient Israel. Grand Rapids; Cambridge: Eerdmans Publishing Company, 2002.

CORDEIRO, A. L. Asherah, a Deusa proibida. In: RICHTER, R. I. (Org.). Imaginários da divindade. São Leopoldo: Oikos; Goiânia: Ed. UCG, 2008. p. 25-48.

CRÜSEMANN, F. Elias e o surgimento do monoteísmo no antigo israel. Fragmentos de Cultura, Goiânia, v. 11, n. 5, p. 779-790, 2001.

CRÜSEMANN, F. A Torá: teologia e história social da lei do Antigo Testamento. Tradução de Haroldo Reimer. Petrópolis: Vozes, 2002.

DIETRICH, W. Einleitung. In: DIETRICH, W.; KLOPFENSTEIN, M. (Ed.). Ein Gott Allein? JHWH-Verehrung und Biblischer Monotheismus im Kontext der Israelitischen und Altorientalischen Religiongeschichte. Freiburg: Universitätsverlag; Göttingen: Vandenhoeck & Ruprecht, 1994. p. 59-91.

GERSTENBERGER, E. S. Israel in der Perserzeit. 5. Und 4. Jahrhundert v.

Chr. Stuttgart; Berlin; Köln: Kohlhammer, 2005.

KESSLER, R. História social do antigo Israel. Tradução de Haroldo Reimer. São Paulo: Paulinas, 2009.

LANG, B. (Ed.). Der einzige Gott: die Geburt des Biblischen Monotheismus. Munique: Kosel Verlag, 1981.

LANG, B. Jahwe, der Biblische Gott: ein Porträt. Munique: Kosel Verlag, 2002.

OLIVEIRA, T. C. dos S. A. Os Bezerros de Arão e Jeroboão: uma verificação da relação intertextual entre Ex 32,1-6 e 1Rs 12, 26-33. 2010. Tese (Doutorado em Teologia) – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2010.

OTTO, E. Jerusalem: die Geschichte der Heiligen Stadt. Stuttgart etc.: W. Kohlhammer, 1980.

PEREIRA, N. C. ... sem perder a ternura: Jamais! De homens mal-amados e mulheres prisioneiras no amor. Revista de Interpretação Bíblica Latino-Americana, Petrópolis, n. 37, p. 88-102, 2000.

REIMER, H. Inefável e sem forma: estudos sobre o monoteísmo hebraico. São Leopoldo: Oikos; Goiânia: Ed. UCG, 2009.

RIBEIRO, O. L. Nehushtan: pesquisa exegética, fenomenológica e histórico-social sobre a origem, a supressão e o suporte social do culto à serpente de bronze em Israel com base em Nm 21,4-9; Is 6,1-7 e 2 Rs 18,4. 2002. 128 f. Dissertação (Mestrado em Teologia) – Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, Rio de Janeiro, 2002.

RÖMER, T. A chamada história deuteronomista: introdução sociológica, histórica e literária. Tradução de Gentil Titon. Petrópolis: Vozes, 2008.

SMITH, M. Palestinian parties and politics that shaped the old testament. New York: Columbia University Press, 1971.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/revistapistispraxis.6045

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.