A “natureza” da genealogia de Nietzsche: uma análise do naturalismo nietzscheano

Victor Campos Silva

Resumo


Este artigo tem o de objetivo discutir o estatuto do naturalismo na obra de Nietzsche. Nos perguntamos pelos pesos e medidas que o naturalismo e as nascentes ciências do século XIX assumem junto do procedimento investigativo de Nietzsche, particularmente, em sua genealogia. Buscamos compreender até que ponto o reconhecido contato de Nietzsche com as ciências naturais e médicas de seu tempo influenciou e modelou sua forma de investigação, e, se deste contato, produziu-se algo passívelde replicação, como uma metodologia nietzchiana de investigação. No limite, interessa a esta pesquisa os usos que Nietzsche dá em suas investigações genealógicas aos debates científicos e filosóficos de seu tempo, em especial, a apropriação de ideias e práticas que irão moldarsua forma de investigar.

Palavras-chave


Ciência; Naturalismo; Nietzsche; Método; Moral

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7213/estudosnietzsche.04.002.AO.05

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.