Dostoiévski e Nietzsche: anotações em torno do “homem do ressentimento”

Antonio Edmilson Paschoal

Resumo


Este artigo é parte de um estudo sobre o conceito de “ressentimento” na filosofia de Nietzsche. Seu principal objetivo é analisar o modo como o filósofo utiliza alguns aspectos da obra de Dostoiévski na caracterização do assim denominado “homem do ressentimento”. Para tanto, partindo do contato de Nietzsche com o conjunto da obra do escritor russo, mas tendo em vista em especial o livro L’esprit souterrain, pretendemos registrar o modo como o autor do Zaratustra constrói, a partir de suas fontes, um dos conceitos mais importantes para a sua crítica à moral, que desenvolve em Para a genealogia da moral.

Palavras-chave


Nietzsche; Dostoiévski; Ressentimento; Inibição; Impulsos

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7213/ren.v1i1.22568

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.