O pessimismo dionisíaco de Nietzsche: interpretação contextual do aforismo 370 d’A Gaia Ciência

Werner Stegmaier

Resumo


O objetivo do artigo é analisar o significado de pessimismo dionisíaco em Nietzsche, com base na metodologia que Stegmaier denomina de interpretação contextual, a partir do aforismo 370 d’A Gaia Ciência. Partindo da questão se a filosofia de Nietzsche pode receber um nome em específico, bem como diferenciando contextualmente os diferentessignificados do termo pessimismo em Nietzsche – romântico, clássico e dionisíaco –, Stegmaier enfatiza sobretudo o assim denominado método das “conclusões da obra sobre o autor”, na medida em que um filosofar se revela segundo as necessidades que possui seu próprio autor, que, segundo o aforismo 370, trata-se de necessidades tanto de empobrecimento quanto de abundância de vida, isto é, uma espécie de heurística da necessidade como fio condutor das filosofias ocidentais, inclusive a do próprio Nietzsche.

Palavras-chave


Pessimismo; Necessidade; Dionisíaco

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.7213/ren.v1i1.22561

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.