A ecoteologia latino-americana e o princípio pluralista

Autores

  • Cláudio de Oliveira Ribeiro Universidade Federal de Juiz de Fora

DOI:

https://doi.org/10.7213/2175-1838.13.03.AO03

Palavras-chave:

princípio pluralista, ecoteologia, ecofeminismo, relacionalidade.

Resumo

O texto apresenta resultados de pesquisa sobre a relação do princípio pluralista com dimensões da ecoteologia. Metodologicamente, se recorreu a análises do pluralismo antropológico, em chave latino-americana, especialmente as que realçam a concepção do ser humano nas suas múltiplas relações com a natureza e o cosmo. Os resultados são apresentados em três eixos: (i) a busca de novos perfis epistemológicos tendo em vista a crítica às características antropocêntricas, androcêntricas e patriarcais da cultura ocidental assimiladas pela teologia, (ii) a noção do humano, em seus limites e possibilidades, em especial no tocante à relação com a Terra e o cosmo, à sua condição de coparticipante do contínuo ato criador divino e às possibilidades de relacionalidade e interdependência, e (iii) o poder renovador da vida como expressão de uma ecodiaconia, com indicações práticas de reconstrução ecossocial, dentro do cenário da destruição ambiental e da forma de ver a fé em perspectiva plural como maneira de ser na vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudio de Oliveira Ribeiro, Universidade Federal de Juiz de Fora

Doutor em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e professor visitante do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Religião, da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Downloads

Publicado

2021-12-22

Como Citar

de Oliveira Ribeiro, C. (2021). A ecoteologia latino-americana e o princípio pluralista. Revista Pistis Praxis, 13(3). https://doi.org/10.7213/2175-1838.13.03.AO03