Pluralismo religioso e estudo crítico da bíblia: Desafios à missão, ao diálogo inter-religioso e às teologias cristãs africanas

Autores

  • Luiz José Dietrich PUCPR
  • Nadi Maria de Almeida Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR. Doutoranda em Teologia e Missão.
  • Victor Dunne Atualmente Padre Geral da Sociedade dos padres de São Patrício.
  • Roseane Almeida da Silva Centro Universitário Internacional – UNINTER
  • Maria Antônia Marques Instituto Teológico de São Paulo - ITESP

DOI:

https://doi.org/10.7213/2175-1838.12.003.DS04

Palavras-chave:

Missão. Diálogo Inter-religioso. Pluralismo religioso. Teologias Cristãs Africanas. Estudo Crítico da Bíblia.

Resumo

O presente artigo aborda desafios, características e avanços da missão e do diálogo interreligioso,
a partir de uma teologia pluralista e dos estudos bíblicos, sobre o processo de
instituição do monoteísmo em Israel e no Cristianismo. Partindo de reflexões de teólogos
que defendem o paradigma do pluralismo religioso como meio relevante de atuação e
credibilidade dos discursos teológicos no mundo atual, apresenta características, progressos
e limites das concepções oficiais, presentes nos documentos magisteriais do Vaticano II e
derivadas dele. Aponta peculiaridades, avanços e barreiras das teologias cristãs africanas em
diálogo com as várias religiões presentes na África, mais especialmente com as Religiões
Tradicionais Africanas, comparadas a uma perspectiva pluralista. Nas reflexões teológicas há
progressos, mas ainda falta um longo caminho a percorrer para chegar a uma atitude
concreta de ações que refletem o pluralismo religioso. O caminho do diálogo inter-religioso e
da visão pluralista é imprescindível, caso se queira tornar o discurso teológico relevante no
mundo atual. Nesse sentido, nossa proposta é aumentar o diálogo entre teólogos e biblistas
e, a partir disso, ousar mais, revendo e relendo, a partir dos estudos críticos da Bíblia à luz
da arqueologia recente, o processo de constituição das teologias dentro da Bíblia e também
das doutrinas, teologias e dogmas no período pós bíblico e ao longo da cristandade. Uma
maior aproximação entre Teologia e Bíblia, nesse momento, pode contribuir para que
consigamos ver a Bíblia, nossos dogmas e doutrinas, com sua real relatividade e nos
tornemos mais humildes na relação com outras religiões e culturas. Assim, nos
reaproximaremos de Jesus de Nazaré, que testemunhou sobre o Mistério Maior, ensinando a
buscá-lo, encontrá-lo e a experimentá-lo em todas as conjugações e em todas as potências
do verbo amar, fazendo-o crescer em todas as culturas e em todas as religiões, a começar
pela nossa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz José Dietrich, PUCPR

Doutorado em Ciências da Religião – Bíblia, pela Universidade Metodista de São Paulo (2002). Realizou estágio Pós Doutoral junto ao Near Eastern Languages & Cultures Department; da UCLA – University of California, Los Angeles, em diálogo com o Professor William Schniedewind. É Professor Adjunto do Programa de Pós-Graduação em Teologia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR, campus Curitiba – PR, e vice-presidente da ABIB - Associação Brasileira de Pesquisa Bíblica.

Nadi Maria de Almeida, Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR. Doutoranda em Teologia e Missão.

Doutoranda em Teologia  - Missão, pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR. Mestrado em Teologia  - Missão, pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR. Especialização em Metodologia do Ensino na Educação Superior, pelo Centro Universitário Internacional – UNINTER. Bacharelado em Teologia pelo Centro Universitário Filadélfia (UNIFIL), Londrina PR. Licenciatura em Ciências Religiosa (PUCPR). Bacharelado em Relações Internacionais, pelo Centro Universitário Internacional - UNINTER. Graduação no exterior: Especialização em Missão pela “Catholic University of Eastern Africa” (CUEA) no Quênia. Bacharelado em Teologia pela “Catholic University of Eastern Africa” (CUEA) no Quênia.

Victor Dunne, Atualmente Padre Geral da Sociedade dos padres de São Patrício.

Doutorado em Divindade pela St. Patrick’s College Maynooth na Irlanda; Mestrado e em Teologia Sistemática pela Universidade Gregoriana de Roma; de 2000 a 2004 Ensinou: Trindade, Sacramento da cura e reconciliação, Vocação e Sacramentos no Instituto de Teologia de São José, Cedara na África do Sul; nos anos de 2004 a 2014, ensinou: Sacramentologia, Cura e Reconciliação, Trindade, Introdução à Liturgia, Vocação e Sacramentos e História da Igreja na “Catholic University of Eastern Africa” (CUEA) Tangaza College; Atualmente Padre Geral da Sociedade dos padres de São Patrício.

Roseane Almeida da Silva, Centro Universitário Internacional – UNINTER

Mestrado em Educação – Formação de professores, pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUCPR. Especialização em Metodologia do Ensino de Filosofia pela Universidade Federal do Paraná - UFPR. Especialização em Educação a Distância, pelo Centro Universitário Internacional – UNINTER. Graduação em Filosofia pela Universidade Federal do Paraná – UFPR e Graduação em Pedagogia pela Faculdade São Braz.

Maria Antônia Marques, Instituto Teológico de São Paulo - ITESP

Mestrado e doutorado em Ciências da Religião pela Universidade Metodista de São Paulo, especialização em Comunicação Social pela Universidade São Francisco, é assessora do Centro Bíblico Verbo e professora do Instituto Teológico de São Paulo (ITESP).

Referências

ARINZE, F. Meeting other believers. Nairobi: Paulines Publications, 1997.

BÍBLIA SAGRADA. Bíblia de Jerusalém: São Paulo: Paulinas, 1989.

BRIGHENTI, A. Por uma evangelização realmente nova. Perspectiva Teológica, Belo

Horizonte. V. 45, n. 125, p. 83-106 jan./abr. 2013.

BROWN, R. E. A comunidade do discípulo amado. São Paulo: Paulinas, 1984.

COMBLIN, J. Quais os desafios dos temas teológicos atuais? São Paulo: Paulus, 2005.

DUPUIS, J. Towards a Christian theology of religious pluralism. Maryknoll - New York: Orbis

Books, 1997.

FALOLA, T. The spread of Islam and Christianity and their impact on religious pluralism in

Africa. Dialogue and Alliance, Tarrytown, New York, Universal Peace Federation, v. 2, n. 4,

p. 5-18, 1988.

FORNET-BETANCOURT, R. Religião e interculturalidade. São Leopoldo: Editora Sinodal, 2007.

FRANCISCO (EG). Exortação apostólica do Sumo Pontífice: Evangelii Gaudium: sobre o

anúncio do evangelho no mundo atual. São Paulo: Paulinas, 2013.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro. 17ª ed. Paz e Terra, 1987.

GEFFRÉ, C. O lugar das religiões no plano da salvação. In: TEIXEIRA, F. (Org.) O diálogo

inter-religioso como afirmação da vida. São Paulo: Paulinas, 1997. p. 111-137.

GEFFRÉ, C. Por um cristianismo mundial. Cadernos da ESTEF, n. 30, p. 5-25, 2003.

GEFFRÉ, C. Crer e interpretar. A virada hermenêutica da teologia. Petrópolis: Vozes, 2004.

GEFFRÉ, C. De Babel a pentecostes: ensaios de teologia inter-religiosa. Tradução de

Margarida Maria Cicchelli Oliva. São Paulo: Paulus, 2013.

GERSTENBERGER, E. Teologias no Antigo Testamento. Pluralidade e sincretismo da fé em

Deus no Antigo Testamento. Trad. Nelson Kilpp. São Leopoldo: CEBI/EST/Sinodal, 2007.

HAIGHT, R. Jesus, símbolo de Deus. São Paulo: Paulinas, 2003.

HESS, R. S. The religions of the people of Israel and their neighbors. In: EBELING, J.;

WRIGHT, J. E.; ELLIOTT, M.; FLESHER, P. V. M. (Orgs.) The Old Testament in Archaeology

and History. Waco, Texas: Baylor University Press, 2017. p. 477-502.

JOÃO PAULO II (RM). Carta Encíclica do sumo pontífice: Redemptoris Missio: sobre a

validade permanente do mandato missionário. São Paulo: Paulinas, 1995.

JOÃO PAULO II (EN). Exortação apostólica do Sumo Pontífice: Evangelii Nuntiandi: sobre a

evangelização no mundo contemporâneo. São Paulo: Paulinas, 1986.

LANGA, A. Questões cristãs à Religião Tradicional Africana. Moçambique. Braga: Editorial

Franciscana, 1992.

MBITI, J. S. Introduction to African religion. Dar es Salam: East African Educational

Publishers Ltd., 1991.

NYAMITI, C. Studies in Africa Christian theology: Jesus Christ, the Ancestor of Humanity:

Methodological and Trinitarian Foundation. v. 1. Nairobi: CUEA Publications, 2005.

ODUYOYE, M. A. Commonalities: An African Perspective. In: Third World Theologians –

Commonalities & Divergences. Maryknoll, New York: Orbis Books, p. 100-104, 1994.

OKURE, T. In Him All Things Hold Together: A Musicological Reading of Colossian 1:15-20,

International Review of Mission, Genebra, World Council of Churches, v. XCI, p. 62-72, 2002.

PANIKKAR, R. Entre Dieu et Le cosmos. Paris: Albin Michel, 1998.

PAULO VI (GS). Constituição Pastoral do Concílio Vaticano II: Gaudium Et Spes: Sobre a

Igreja no mundo de Hoje. Compêndio do Vaticano II. 29ª ed. Petrópolis: Vozes, 2000.

PAULO VI (LG). Constituição Dogmática: Lumen Gentium: Sobre a Igreja. Compêndio do

Vaticano II. 29ª ed., Petrópolis: Vozes, 2000.

PAULO VI (AG). Decreto do Concílio Vaticano II: Ad Gentes: Sobre a atividade missionária

da Igreja (1965). In: Compêndio do Vaticano II. 29ª ed., Petrópolis: Vozes, 2000.

PAULO VI (NS). Declaração do Concílio Vaticano II: Nostra Aetate: Sobre as relações da

Igreja com as Religiões não-Cristãs (1965). In: Compêndio do Vaticano II. 29ª ed.,

Petrópolis: Vozes, 2000.

PAULO VI (DH). Declaração do Concílio Vaticano II: Dignitatis Humanae: Sobre a sagrada

liturgia (1965). In: Compêndio do Vaticano II. 29ª ed., Petrópolis: Vozes, 2000.

PAULO VI (UR). Decreto do Concílio Vaticano II: Unitatis Redintegratio: Sobre a liberdade

religiosa (1965). In: Compêndio do Vaticano II. 29ª ed., Petrópolis: Vozes, 2000.

PAULO VI (AT). Africae Terrarum. Disponível em: <http://w2.vatican.va/content/paulvi/

la/apost_letters/documents/hf_p-vi_apl_19671029_africae-terrarum.html>. Acesso em:

jan. 2018.

PEDREIRA, E. R. Do confronto ao encontro: uma análise do cristianismo em suas posições

ante os desafios do diálogo inter-religioso. São Paulo: Paulinas, 1999.

QUEIRUGA, A. T. Diálogo das religiões e nova teologia da revelação. In: Religião e paz

mundial: sociedade, teologia e ciência da religião. Belo Horizonte: SOTER; São Paulo:

Paulinas, 2010. p. 119-159.

RAHNER, K. Christianity and the Non-Christian Religions. In: RAHNER, K. Theological

investigations. v. 5, Baltimore: Helicon Press, 1966. p. 115-134.

RIBEIRO, C. de O.; SOUZA, D. S. A teologia das religiões em foco: um guia para visionários.

São Paulo; Paulinas, 2012.

RICHARD, G. C. Seminar education in Africa. A glimpse into the future. AFER, v. 17, n. 3,

p. 129-136, May 1975.

RICHARD, P. Memoria del Movimiento Histórico de Jesús. Desde sus orígenes (años 30) hasta

la crisis del Sacro Imperio Romano-Cristiano (siglos IV y V). San José, Costa Rica: DEI, 2009.

SCHILLEBEECKX, E. História humana revelação de Deus. São Paulo: Paulus, 2012.

SHORTER, A. Celibacy and African culture. Nairobi: Pauline Publication, 1998.

SWIDLER, L J. Cristãos e não-cristãos em diálogo. São Paulo: Paulinas, 1988.

TEIXEIRA, F. A Teologia do Pluralismo Religioso em Claude Geffré. Numen: revista de

estudos e pesquisa da religião, Juiz de Fora, v. 1, n. 1, p. 45-83, 1998.

TEIXEIRA, F. O irrevogável desafio do pluralismo religioso. In: Religião e paz mundial.

Sociedade e teologia e ciência da Religião. Belo Horizonte: SOTER; São Paulo: Paulinas,

, p. 173-186.

TAYLOR, J. V. The primal vision: Christian presence amid african religion. Londres: SCM

Press, 1963.

VIGIL, J. M. Teologia Pluralista: os dados, as tarefas, sua espiritualidade. In: VIGIL, J. M.;

TOMITA, L. E.; BARROS, M. (Orgs.) Teologia pluralista libertadora intercontinental. São

Paulo: Paulinas/ASETT/EATWOT, 2008. p. 367-382.

WIRBA, K. G. The Role of Religious. Women in the Mission of Evangelization and

Inculturation in Africa. Rome: Leberit Srl Press, 2009.

Downloads

Publicado

2020-12-14

Como Citar

Dietrich, L. J., Almeida, N. M. de, Dunne, V., Silva, R. A. da, & Marques, M. A. (2020). Pluralismo religioso e estudo crítico da bíblia: Desafios à missão, ao diálogo inter-religioso e às teologias cristãs africanas. Revista Pistis Praxis, 12(3). https://doi.org/10.7213/2175-1838.12.003.DS04