Abordagem etimológica e histórica do leigo no catolicismo

Autores

  • Sávio Carlos Desan Scopinho Faculdades Integradas Claretianas de Rio Claro.

DOI:

https://doi.org/10.7213/pp.v3i2.13262

Palavras-chave:

Laicato, Catolicismo, Teologia, Eclesiologia e história.

Resumo

Este artigo pretende desenvolver uma reflexão sobre a abordagem etimológica e histórica do laicato na Igreja Católica. Depois de apresentar o sentido etimológico da palavra leigo no início do Cristianismo, o artigo propõe uma compreensão histórica do conceito, tendo presente os quatro períodos da história da Igreja Católica – primitivo, medieval, moderno e contemporâneo. A compreensão do laicato no contexto eclesial contemporâneo depende de uma clara compreensão desse itinerário etimológico e histórico. Em seguida, a proposta é apresentar a teologia e a eclesiologia subjacentes a cada período da história, enfocando a ideia de uma teologia apologética e uma eclesiologia que entende que fora da Igreja não há salvação. Tal contexto histórico e respectiva abordagem teológica, particularmente eclesiológica, contribuirão para entender os desafios e impasses da questão do laicato no interior da Igreja Católica e na sua relação com a sociedade contemporânea.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sávio Carlos Desan Scopinho, Faculdades Integradas Claretianas de Rio Claro.

Doutor em Teologia Dogmática pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, Mestre em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas, professor e diretor acadêmico das Faculdades Integradas Claretianas de Rio Claro, SP - Brasil.

Referências

ANGELOZZI, G. Le confraternite laicale: un’esperienza cristiana tra medioevo ed età moderna. Brescia: Queriniana, 1978.

ANTÓN, A. El misterio de la Iglesia. Evolución histórica de las ideas eclesiologicas. v. 1. Madrid: BAC, 1986a.

ANTÓN, A. El misterio de la Iglesia. Evolución histórica de las ideas eclesiologicas. v. 2. Madrid: BAC, 1986b.

BAUMGARTNER, G. Formes diverses de l’apostolat des laïcs. Christus, v. 13, p. 9-33, 1957.

COMBLIN, J. Teologia da libertação, Teologia neo-conservadora e

Teologia liberal. Petrópolis: Vozes, 1985.

COMBLIN, J. Cristãos rumo ao século XXI. Nova caminhada de libertação. São Paulo: Paulus, 1996.

CONGAR, Y. Sacerdote et laïcat dans l’Eglise. La Vie Intellectuelle, v. 14, p. 6-39, 1946.

CONGAR, Y. Pour une théologie du laïcat. Études, v. 81, p. 42-54, 1948.

CONGAR, Y. Jalons pour une théologie du laïcat. Paris: Cerf, 1953.

COVOLO, E. et al. (Org.). Laici e Laicità. Nei primi secoli della Chiesa. Milano: Paoline, 1995.

DE LA POTTERIE, I. L’origine et le sens primitif du mot “laïc”. Nouvelle Revue Théologique, n. 80, p. 840-853, 1958.

DE LA POTTERIE, I. La palabra “laico”. Origen y sentido primitivo. In: DE LA POTTERIE, I.; LYONNET, S. La vida según el espíritu. Salamanca: Sígueme, 1967. p. 32-45.

DUPUIS, J. Gesù Cristo incontro alle religioni. Assisi: Cittadella, 1991.

FISCHER-WOLLPERT, R. Léxico dos Papas - de Pedro a João Paulo II. Petrópolis: Vozes, 1991.

FORTE, B. Laicado y Laicidad. Ensayos eclesiológicos. Salamanca: Sígueme, 1987.

GOLDIE, R. Laici, laicato, laicità. Bilancio di trent’anni di bibliografia. Roma: AVE, 1986.

GUGLIELMELLI, D. Pio XI e a Ação Católica. REB, v. 7, p. 754-792, 1947.

HOEPERS, M. Esclarecimentos Jurídico-Práticos sobre a Ação Católica na “Bis Saeculari”. REB, v. 9, p. 636-670, 1949.

LIBÂNIO, J. B. A volta à grande disciplina: reflexão teológico-pastoral sobre a atual conjuntura da Igreja. São Paulo: Loyola, 1984.

LIBÂNIO, J. B. Teologia da revelação a partir da modernidade. São Paulo: Loyola, 1992.

PEREIRA, A. S. Participação dos leigos nas decisões da Igreja à luz do Código de Direito Canônico (III). REB, v. 47, p. 771-802, 1987.

PEREIRA, A. S. Participação dos leigos nas decisões da Igreja à luz do Vaticano II (IV). REB, v. 50, p. 93-116, 1990.

PHILIPS, G. Le rôle du laïcat dans l’Eglise. Paris: Castermann, 1953.

RAHNER, K. L’apostolat des laïcs. Nouvelle Revue Theologique, v. 1, p. 3-32, 1956.

SCHILLEBEECKX, E. A definição tipológica do leigo cristão conforme o Vaticano II. In: BARAÚNA, G. A Igreja do Vaticano II. Petrópolis: Vozes, 1965. p. 981-1000.

SEMERARO, M. La figura del laico nella storia. Credere Oggi, v. 3, n. 81, p. 21-31, 1994.

Downloads

Publicado

2011-10-06

Como Citar

Scopinho, S. C. D. (2011). Abordagem etimológica e histórica do leigo no catolicismo. Revista Pistis Praxis, 3(2), 571–597. https://doi.org/10.7213/pp.v3i2.13262

Edição

Seção

Artigos