A TRANSPARÊNCIA DIVINA NA TRAMA DA CRIAÇÃO

Autores

  • Sinivaldo S. Tavares Faculdade de Teologia do Instituto Teológico Franciscano de Petrópolis (RJ)

DOI:

https://doi.org/10.7213/pp.v1i2.10676

Palavras-chave:

Criação, Dom de Deus, Corpo cósmico de Cristo, Morada do Espírito Santo.

Resumo

Acolhendo os desafios postos pela “crise ecológica”, o autor se pergunta: é viável continuarmos na direção imposta pelo paradigma antropocêntrico moderno? Continuar legitimando esse paradigma civilizacional seria uma posição eticamente responsável por parte da teologia? Interpelado por essa indagação de fundo, o autor procura reconstruir um discurso acerca da Criação que seja, para todos os efeitos, contemporâneo e, ao mesmo tempo, genuinamente cristão. Ele contempla a complexidade da Criação à luz do Mistério da Trindade Santíssima: como expressão do inusitado e gratuito dom do Pai, como o corpo cósmico de Cristo e como a morada do Espírito Santo. Interpela-nos a assumir nossa intransferível responsabilidade face à inteira Criação, que se encontra ameaçada, em termos de acolhida e de discernimento: acolhida do inaudito dom da vida e discernimento das pegadas do Cristo presentes na Criação e dos gemidos inefáveis do Spiritus Creator que ecoam por entre os meandros sutis do universo. E conclui explicitando a singularidade do discurso cristão acerca da Criação em termos de transparência divina na trama da Criação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sinivaldo S. Tavares, Faculdade de Teologia do Instituto Teológico Franciscano de Petrópolis (RJ)

Frade franciscano com doutorado em Teologia Sistemática pela Pontificia Università Antonianum de Roma (1998), Professor de Teologia Sistemática na Faculdade de Teologia do Instituto Teológico Franciscano de Petrópolis (RJ), Coordenador do Curso de Pós-Graduação lato sensu “Espiritualidade, Ecologia e Educação: uma abordagem transdisciplinar” e coordenador do Master em Evangelização “Cenários contemporâneos e Perspectiva Franciscana”, Petrópolis, RJ - Brasil

Referências

ARNOULD, J. Darwin, theilhard de chardin et cie. Bruges: Desclé de Brouwer, 1996.

ARNOULD, J. La théologie après Darwin: éleménts pour une théologie de la création dans une perspective évolucionniste. Paris: Cerf, 1998.

BEHE, M. Darwin´s black box: the biochemical challenge to evolution: Franklin: The Free Press, 1996.

BOFF, L. Ecologia: grito da terra, grito dos pobres. São Paulo: Ática, 1995.

CAPRA, F.; STEINDL-RAST, D. Pertencendo ao universo: explorações nas fronteiras da ciência e da espiritualidade. São Paulo: Cultrix; Amaná, 2000.

CHARDIN, P. T. de. Hino do universo. A missa sobre o mundo. Cristo na matéria. Três histórias no estilo de Benson. A potência espiritual da matéria. São Paulo: Paulus, 1994. (Coletânea de 5 textos).

COMBATER a mudança climática: solidariedade humana num mundo dividido. Relatório do Pnud 2007-2008. Disponível em: <http://www.unisinos. br/ihu/ index.php?option=com_noticias&Itemid=18&task= detalhe&id=10991>. Acesso em: 28 nov. 2007.

DAWKINS, R. Deus, um delírio. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

DEMSKI, W. Intelligent design: the bridge between science & theology. Downers Grove: InterVersity Press, 1999.

HAUGHT, J. F. Deus após Darwin: uma teologia evolucionista. Rio de Janeiro: José Olympio, 2006.

INTERGOVERNMENTAL PANEL ON CLIMATE CHANGE – IPCC. Mudanças climáticas. 2007. Disponível em: <http://www.ipcc.ch/meetings/ sessions-ipcc-wg.htm>. Acesso em: 18 jul. 2007.

JOÃO PAULO II. Ecclesia de eucharistia. São Paulo: Paulinas, 2003.

KÜNG, H. O princípio de todas as coisas: ciências naturais e religião. Petrópolis: Vozes, 2007.

LAMBERT, D. Sciences et théologie: les figures d´un dialogue. Bruxelles: Lessius, 1999.

MESTERS, C.; OROFINO, F. Novos céus e nova terra, vida no campo e na cidade. A sustentabilidade da vida e a espiritualidade. In: CONGRESSO ANUAL DA SOCIEDADE DE TEOLOGIA E CIÊNCIAS DA RELIGIÃO –

SOTER, 21., 2008, São Paulo. Anais... São Paulo: Paulinas, 2008. p. 11-21. Disponível em: <http://ciberteologia.paulinas.org.br/portals/44/ LivroDigital.pdf>. Acesso em: 13 mar. 2009.

MOLTMANN, J. Ciência e sabedoria: um diálogo entre ciência natural e teologia. São Paulo: Loyola, 2007.

REIMER, H. Toda a criação: bíblia e ecologia. São Leopoldo, RS: Oikos, 2006.

TAVARES, S. Eucaristia: pluralidade de dimensões na unidade do Mistério, Revista Eclesiástica Brasileira, Petrópolis, v. 63, n. 3, p. 807-828, 2003.

TAVARES, S. Trindade e criação. Petrópolis: Vozes, 2007.

TAVARES, S. A criação na perspectiva ecológica: a contribuição de Scotus. Revista Eclesiástica Brasileira, Petrópolis, v. 68, n. 4, p. 772-806, 2008.

WILSON, E. O. A criação: como salvar a vida na terra. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

ZIZIOULAS, I. A criação como eucaristia: proposta teológica ao problema da ecologia. Florianópolis: ITESC, 2001.

Downloads

Publicado

2009-10-24

Como Citar

Tavares, S. S. (2009). A TRANSPARÊNCIA DIVINA NA TRAMA DA CRIAÇÃO. Revista Pistis Praxis, 1(2), 339–354. https://doi.org/10.7213/pp.v1i2.10676