Análise do manuscrito pré-samaritano 4QPaleoExodm e sua relação com o manuscrito do Pentateuco Samaritano MS Add-1846

Elcio Valmiro Sales de Mendonça

Resumo


Os israelitas samaritanos desenvolveram uma tradição textual do pentateuco distinta da tradição judaica, isto tem levado a muitos questionamentos a respeito de qual tradição é mais antiga e sobre qual teria promovido adições ou omissões ao texto estabelecido como sagrado. Esta pesquisa teve por objetivo analisar o manuscrito pré-samaritano ou proto-samaritano catalogado como 4QPaleoExodm em relação ao manuscrito medieval MS Add-1846. A hipótese é que o manuscrito 4QPaleoExodm pode representar, de fato, uma tradição samaritana do Pentateuco já no segundo século AEC. As evidências mostraram que 4QPaleoExodm possui, basicamente, o mesmo tipo textual do manuscrito medieval do Pentateuco Samaritano, o MS Add-1846.


Palavras-chave


Pentateuco Samaritano, 4QPaleoExodm, MS Add-1846, manuscrito pré-samaritano, Monte Gerizim

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, Robert T.; GILES, Terry. The Samaritan Pentateuch: an introduction to its origin, history, and significance for biblical studies. Atlanta: Society of Biblical Literature, 2012.

CROSS, Frank Moore. “The Discovery of the Samaria Papyri”. In: The Biblical Archaeologist. Vol. 26. No. 4. The American Schools of Oriental Research. (Dec., 1963), p. 109-121. Disponível em: http://www.jstor.org/stable/3211040. Acesso em: 10/05/2020.

CROWN, Alan D. (ed.). The Samaritans. Tübingen: J. C. B. (Paul Siebeck) Mohr, 1989.

DUŠEK, Jan. Aramaic and Hebrew Inscriptions from Mt. Gerizim and Samaria between Antiochus III and Antiochus IV Epiphanes. Leiden-Boston: Brill, 2012.

FRANCISCO, Edson de Faria. Manual da Bíblia Hebraica: introdução ao texto Massorético. Guia introdutório para a Biblia Hebraica Stuttgartensia. 3.ed. Revisada e Ampliada. São Paulo: Vida Nova, 2008.

KAHLE, Paul E. The Cairo Genizah. Second Edition. New York: Frederick A. Praeger, 1959.

KARTVEIT, Magnar. The Origin of the Samaritan. Supplements to Vetus Testamentum. Leiden-Boston: Brill, 2009.

MENDONÇA, Elcio V. S. A dinastia de Omri: reconstrução do primeiro estado israelita através da Bíblia e da Arqueologia. Tese (Doutorado em Ciências da Religião). Universidade Metodista de São Paulo. Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião. São Bernardo do Campo, 2017.

PORTO, Vagner Cavalheiro. “Flavia Neapolis, Palestina Romana: o Monte Gerizim como espaço do sagrado”. Em: SILVA, Gilvan Ventura; SILVA, Érica Cristhyane Moraes da; NETO, Belchior Monteiro Lima. Espaços do Sagrado na Cidade Antiga. Vitória: GM, 2017.

PRE-SAMARITAN Manuscripts 4QPaleoExodm. Disponível em: https://www.deadseascrolls.org.il/. Acesso em: 15/02/2020.

SAMARITAN Pentateuch (MS Add-1846). Disponível em: https://cudl.lib.cam.ac.uk/view/MS-ADD-01846. Acesso em: 15/02/2020.

SAMARITAN Israelite. Disponível em: www.israelite-samaritans.com/religion. Acesso em: 15/02/2020.

SAMUEL, Nathan (org.). Samaritan Exegesis: a compilation of writings from the Samaritan. Amram, son of Isaac e Jacob, son of Aaron, High Priests of the Samaritan Community. Cover Photography and Textual Revisions, Copyright, 2013.

SHOULSON, Mark. The Torah: Jewish and Samaritan versions compared. A side-by-side comparison of the two versions with differences highlighted. New York: Evertype, 2008.

SKEHAN, Patrick W.; ULRICH, Eugene; SANDERSON, Judith E. Qumran Cave 4: Palaeo-Hebrew and Greek Biblical Manuscripts. Discoveries in the Judaean Desert IX. Reimpr. Oxford: Clarendon Press, 2003.

TSEDAKA, Benjamim. Understanding the Israelite-Samaritans: from ancient to modern. Jerusalem: Carta Jerusalem, 2017.

TSEDAKA, Benjamim; SULLIVAN, Sharon. The Israelite Samaritan Version of the Torah. First translate compared with the Masoretic Text. Michigan: William B. Eerdmans Publishing company, 2012.

TOV, Emanuel. Crítica Textual da Bíblia Hebraica. [Trad. Edson de Faria Francisco]. BV Acadêmico. Rio de Janeiro: BVBooks, 2016.

TOV, Emanuel. “Forword”. In: TSEDAKA, Benjamim; SULLIVAN, Sharon. The Israelite Samaritan Version of the Torah. First translate compared with the Masoretic Text. Michigan: William B. Eerdmans Publishing company, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Editora Universitária Champagnat

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.