Terapia por Contensão Induzida (TCI) em adolescentes com hemiparesia espástica: relato de caso

Julia Macruz Garcia, Rodrigo José Knabben, Natália Duarte Pereira, Angélica Cristiane Ovando

Resumo


Introdução: A Terapia por Contensão Induzida (TCI) é um protocolo terapêutico que visa diminuir a assimetria de uso dos membros superiores. Objetivo: Verificar o efeito da TCI em dois adolescentes, com paralisia cerebral hemiparética (PCH). Materiais e métodos: Dois adolescentes com PCH, de 12 e 14 anos de idade, receberam aplicação de TCI por três horas diárias durante três semanas. Este estudo apresentoudesenho ABA experimental, com um mês de seguimento. Os adolescentes foram avaliados com a Teenager Motor Activity Log (TMAL) e o Wolf Motor Function Test (WMFT); o avaliador esteve independente da intervenção e cegado quanto à ordem das avaliações. Resultados: Houve melhora na quantidade, qualidade e espontaneidade de uso após a aplicação da TCI segundo a escala da TMAL. Os dois pacientes apresentaramdiminuição no tempo de execução das tarefas do WMFT e foi observada também melhora na habilidade funcional. Conclusão: Este estudo mostra efeitos positivos da TCI em adolescentes com PCH. Ressalta-se, no entanto, que se fazem necessários ensaios clínicos para confirmar a eficácia da intervenção nessa população.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-51502012000400022

Apontamentos

  • Não há apontamentos.