Teste de força/resistência de membros superiores: análise metodológica e dados normativos

Bruno Ferreira Marinho, João Carlos Bouzas Marins

Resumo


Introdução: A força e a resistência muscular são componentes da aptidão física importantes para a saúde e alto rendimento. Os testes de flexão de braços, puxada em suspensão na barra e puxada em suspensão na barra modificada, utilizam o próprio peso corporal e avaliam as capacidades motoras relacionadas à aptidão física, saúde e ao desempenho atlético, no sentido de mensurar a força e resistência muscular dos membros superiores em ambos os sexos e ampla faixa etária. Objetivos: O objetivo deste estudo foi buscar na literatura os aspectos metodológicos relacionados à validade, fidedignidade, objetividade e procedimentos específicos utilizados nos testes: flexão de braços, puxada suspensão na barra e puxada em suspensão na barra modificada, fazendo, dessa forma, um levantamento dos indicadores de rendimento desses testes em atletas de alto nível de diferentes modalidades. Conclusão: Os testes de flexão de braços, puxada em suspensão na barra e puxada em suspensão na barra modificada são eficientes, confiáveis, de fácil aplicação e são ferramentas que empregam baixo custo, além de requererem pouco treinamento do avaliador. Entretanto, devemos chamar a atenção quanto à padronização e as recomendações metodológicas para suas aplicações, para que possam ser utilizados com segurança na reabilitação e no desempenho atlético.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-51502012000100021

Apontamentos

  • Não há apontamentos.