Função pulmonar de obesos mórbidos submetidos à cirurgia bariátrica

Gabriela Scipioni, Fabrício Cieslak, Nelson Augusto Rosário Filho, Neiva Leite

Resumo


Objetivo: Comparar a função pulmonar de indivíduos obesos mórbidos submetidos à gastroplastia. Métodos:Participaram da pesquisa 25 indivíduos, divididos em grupo experimental com 15 sujeitos (feminino = 13 emasculino = 2) e grupo controle com 10 sujeitos (feminino = 8 e masculino = 2). Foram mensurados os valoresespirométricos na fase pré-operatória e na fase pós-operatória, três meses após a cirurgia. Resultados:Verificou-se diferença significante intragrupo na análise inicial e após os três meses de acompanhamento depeso, índice de massa corporal (IMC), Capacidade Vital forçada (CVF), Volume de Reserva Expiratório (VRE),Capacidade Inspiratória (CI) e do Fluxo Expiratório Forçado (FEF₂₅-₇₅%), nos indivíduos que foram submetidosà cirurgia. Para os resultados obtidos da análise de diferença entre os grupos experimental e controlena análise de grupo e tempo, foram considerados significativos a CVF e o VRE. Verificou-se que aqueles queapresentavam distúrbios inespecíficos na fase pré-operatória passaram a ter função pulmonar normal nafase pós-operatória. Não foram verificadas diferenças significativas entre as características de proporçõesda espirometria entre os grupos e na avaliação intragrupo experimental. Conclusão: A cirurgia bariátricainfluencia na melhora da função pulmonar, observando que um tempo maior de acompanhamento desses indivíduos pode nos mostrar resultados ainda mais confirmatórios sobre a importância da perda de pesopara a função pulmonar.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-51502011000400005

Apontamentos

  • Não há apontamentos.