Análise do equilíbrio em pacientes hemiparéticos após o treino com o programa Wii Fit

Luciana Barcala, Fernanda Colella, Maria Carolina Araujo, Afonso Shiguemi Inoue Salgado, Claudia Santos Oliveira

Resumo


INTRODUÇÃO: A hemiparesia é um comprometimento parcial do hemicorpo que altera o equilíbrio, sendo este essencial para as atividades funcionais. OBJETIVO: Analisar o equilíbrio em pacientes hemiparéticos submetidos ao treino de equilíbrio com o programa WiiFit que atuou como um recurso de biofeedback visual. MÉTODO: Foram selecionados 12 pacientes hemiparéticos pós AVE, com idade média de 5812,57 anos, divididos aleatoriamente em dois grupos. Um grupo realizou a fisioterapia convencional (GC) pelo período de uma hora, o outro grupo realizou a fisioterapia convencional por trinta minutos e mais trinta minutos de treino de equilíbrio com auxílio do WiiFit (GW), duas vezes semanais durante cinco semanas, completando dez sessões. O equilíbrio foi avaliado antes e após as intervenções, através da aplicação da escala de equilíbrio de Berg (EEB) e pela estabilometria que mensura o centro de oscilação postural (COP), nos eixos ântero-posterior (AP) e médio-lateral (ML), por uma plataforma de pressão em duas condições, de olhos abertos (OA) e olhos fechados (OF). RESULTADOS: De acordo com a EEB, os pacientes tanto do GC quanto o do GW, obteve maior controle do equilíbrio estático e dinâmico, sendo estes resultados estatisticamente significantes (p<0,01). Na análise do COP no eixo ML, os indivíduos do GC e do GW tiveram diminuição na oscilação ML após a intervenção proposta para cada grupo, nas condições de OA (p<0,01) e OF (p<0,05). No eixo AP do COP, o GC não teve diminuição na oscilação AP (p>0,05) de OA e OF, e o GW apresentou diminuição na oscilação AP (p<0,05) de OA e OF. CONCLUSÃO: O presente estudo demonstra que a fisioterapia associada ao treino de equilíbrio com o Wii Fit apresenta resultados significantes na reabilitação dos indivíduos hemiparéticos, obtendo assim, mais um recurso terapêutico na fisioterapia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-51502011000200015

Apontamentos

  • Não há apontamentos.