Estudo comparativo de casos entre a mobilização neural e um programa de alongamento muscular em lombálgicos crônicos

Guilherme Fortes Machado, Simone Eickhoff Bigolin

Resumo


Introdução: A dor lombar, responsável por 50% das disfunções músculo-esqueléticas, é uma das principais,senão a mais frequente, causa de dor, incapacidade funcional e laborativa. Objetivos: Avaliaros efeitos da mobilização neural e do alongamento na fl exibilidade, no quadro álgico e nas atividadesfuncionais de sujeitos com dor lombar. Metodologia: Foram realizadas 20 sessões de um programa demobilização neural e de um programa de alongamento muscular com dois grupos distintos em sujeitosque apresentavam lombalgia crônica, sendo estes divididos de forma aleatória. Como instrumentos paraavaliação, foram utilizados a Escala Análogo-Visual da dor, a distância dedo-solo, a medida do ângulode fl exão do joelho e o questionário Roland Morris. Resultados: Foram avaliados nove sujeitos comdor lombar crônica; cinco deles participaram do grupo em que foi empregada a mobilização neural equatro fi zeram parte do grupo de alongamentos. Somente o programa de mobilização neural apresentouresultados signifi cativos. Quando comparados os resultados dos programas não foi evidenciadadiferença estatisticamente signifi cativa nos critérios avaliados. Conclusão: Para esta amostra, os doisrecursos terapêuticos apresentaram melhoras para as variáveis analisadas, porém apenas a mobilizaçãoneural demonstrou resultados signifi cativos, não sendo possível, no entanto, apontar maior efi ciência deum método em relação ao outro.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-51502010000400005

Apontamentos

  • Não há apontamentos.