Alterações ortopédicas em crianças e adolescentes obesos

Michelle Brandalize, Neiva Leite

Resumo


Introdução: A obesidade infanto-juvenil é um problema muito frequente e implica complicações que podem estar presentes precocemente, como as alterações ortopédicas. Objetivo: descrever as alterações que atingem o aparelho locomotor em crianças e adolescentes com sobrepeso e obesidade. Metodologia: Foram consultadas as bases de dados MEDLINE, SciELO, LILACS, ISI e base de dados da Universidade de Standford, com a combinação dos seguintes descritores: “obesidade”, “complicações”, “criança”, “doresmúsculo-esqueléticas”, “postura”, “alterações ortopédicas”, “marcha” e seus respectivos sinônimos em inglês. Resultados: Pôde-se observar que as crianças e adolescentes obesos são mais predispostos a apresentaressas complicações ortopédicas que os indivíduos eutróficos, e os principais problemas relatados foram as alterações posturais, como hiperlordose lombar e joelhos valgos, e dores músculo-esqueléticas, principalmente na coluna lombar e membros inferiores. Os principais fatores que causam esses problemas não são bem definidos, mas incluem aumento da sobrecarga articular associado à fragilidade óssea em fase de crescimento e à diminuição da estabilidade postural, o que conduz ao aumento das necessidades mecânicas regionais. Conclusão: A identificação precoce dessas disfunções é fundamental para que essas crianças recebam tratamento multidisciplinar adequado.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-51502010000200011

Apontamentos

  • Não há apontamentos.