USO DA ELETROESTIMULAÇÃO DE ALTA VOLTAGEM NA CICATRIZAÇÃO DE ÚLCERAS VENOSAS

Rittche Pires Santos, Carolina Almeida Nascimento, Everaldo Nery de Andrade

Resumo


INTRODUCAO: A utilizacao de correntes exogenas como a eletroestimulacao de alta voltagem provoca aumento das cargas eletricas no tecido, promovendo efeitos fisiologicos favoraveis que disparam o processo de reparacao tecidual. OBJETIVO: verificar as variacoes nas areas das ulceras venosas apos a utilizacao da estimulacao eletrica de alta voltagem. METODO: estudo prospectivo, randomizado e simples cego em que seis individuos portadores de ulcera venosa foram divididos aleatoriamente em 2 grupos de tratamento, nos quais foram usados a estimulacao eletrica de alta voltagem (20is; 100Hz) por 30 minutos em tres dias alternados na semana, ate atingirem 24 aplicacoes, sendo o parametro da voltagem modulado em zero para o grupo controle e 180V para o grupo experimental. O programa AutocadR foi utilizado para o calculo das areas que foram analisadas pelos testes estatisticos de Wilcoxon e Mann-Whitney, com nivel de significancia de pdh0,05. RESULTADOS: observou-se que nao houve diferenca estatisticamente significativa entre as areas das ulceras nos dois grupos pesquisados (p= 0,3827), sendo que em apenas um paciente nao ocorreu diminuicao das areas das ulceras. CONCLUSAO: percebeu-se que a utilizacao da eletroestimulacao de alta voltagem em ulceras venosas de membros inferiores foi ineficaz no tratamento dos pacientes pesquisados.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.