USO DA BOLA TERAPÊUTICA NO EQUILÍBRIO ESTÁTICO E DINÂMICO DE PACIENTES COM HEMIPARESIA

Nadia Nunes Leite, Ana Délia Oliveira Borba, Maria José da Silva, Natália da Silva Nascimento, Nataly Araújo da Silva, Erika Christina G da Conceição

Resumo


INTRODUÇÃO: O acidente vascular encefálico (AVE) é descrito pela Organização Mundial de Saúde como um sinal clínico de rápido desenvolvimento de perturbação focal cerebral, de suposta origem vascular e com mais de 24 horas de duração; pode apresentar como sequela a hemiplegia ou hemiparesia. A bola suíça é um instrumento útil no tratamento da hemiparesia, podendo ser utilizada para avaliar e tratar problemas de equilíbrio. OBJETIVO: O objetivo deste estudo foi verificar a eficácia da utilização da bola terapêutica para melhora do equilíbrio estático e dinâmico em pacientes hemiparéticos. METODOLOGIA: A amostra constituiu-se de 09 pacientes, com diagnóstico de AVE na fase crônica, que apresentam hemiparesia e que foram submetidos a um programa de fisioterapia com bola terapêutica durante 02 meses. Para avaliação dos pacientes foi utilizada a Escala de Tinetti. RESULTADOS: Foram avaliadas as condições de equilíbrio estático e dinâmico (marcha), sendo que estas apresentaram resultado satisfatório. Todos os pacientes apresentaram aumento do escore ao final do tratamento, demonstrando resultado positivo na aplicação do protocolo. CONCLUSÃO: Concluímos que o protocolo utilizado neste estudo apresentou um resultado significativo com relação à melhora do equilíbrio estático e dinâmico.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.