AMPLITUDE DE MOVIMENTO ARTICULAR DO QUADRIL EM PACIENTES COM A DOENÇA DE LEGG-CALVÉ-PERTHES

Guilherme Carlos Brech, Roberto Guarniero, Rui Maciel de Godoy Junior

Resumo


OBJETIVO: Quantificar e comparar os valores da amplitude de movimento articular (ADM) dos quadris acometidos e dos quadris não acometidos em pacientes com doença de Legg-Calvé-Perthes (DLCP), com envolvimento unilateral e que apresentavam indicação para tratamento conservador. MÉTODOS: Estudo prospectivo incluindo 20 pacientes com DLCP unilateral. Nos pacientes, foram avaliados os parâmetros da ADM dos quadris acometidos e não acometidos pela doença, pelo mesmo avaliador antes do início do tratamento conservador. RESULTADOS: Observou-se uma diminuição dos valores de todos os movimentos articulares nos quadris acometidos quando comparados com os quadris não acometidos, conforme a análise estatística realizada para: flexão (p=0,002); extensão (p=0,020); abdução (p<0,001); adução (p=0,004); rotação medial (p=0,003) e rotação lateral (p=0,004). CONCLUSÃO: Verificou-se que os pacientes com DLCP unilateral que com indicação para o tratamento conservador apresentam uma restrição da ADM do quadril acometido em todos os movimentos desta articulação quando comparados com o lado não acometido.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.