ESTUDO COMPARATIVO ENTRE DOIS TIPOS DE RAIO LASER DE BAIXA POTÊNCIA E SEUS RESPECTIVOS EFEITOS SOBRE A REGENERAÇÃO NERVOSA PERIFÉRICA

Vanessa Marques CAMARGO, Janaína COSTA, Edison Sanfelice ANDRÉ

Resumo


O objetivo deste estudo foi comparar os efeitos da laserterapia de baixa potência sobre os processos de regeneração do tecido nervoso periférico em 18 ratos Wistar adultos onde se realizou o estrangulamento do nervo ciático. Para tal, realizaram-se aplicações consecutivas de laser, seguidas de análise funcional da marcha. Para o estudo comparativo dos possíveis efeitos dos emissores de laser HeNe (632,8nm) e AsGa (04nm), dividiu-se os animais operados em 3 grupos distintos (grupo HeNe na dose 9J/cm2; grupo AsGa na dose 4 J/cm2; grupo “sham” (falso tratado). Esses animais foram avaliados pelo Índice Funcional do Ciático. As análises foram realizadas 24 horas, 7, 14, 21, 28, 35 e 42 dias após a lesão do nervo. Ao serem feitas as comparações entre o IFC dos grupos HeNe x AsGa, HeNe x Sham e AsGa x Sham, observou-se que independente do tipo de laser, houve aceleração da recuperação funcional, embora os animais tratados com HeNe tenham demonstrado os melhores resultados. Assim, parece não existir uma relação direta entre o comprimento de onda do laser, a profundidade da lesão e a ação específica do laser na regeneração nervosa periférica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.