ESTUDO BAROPODOMÉTRICO EM IDOSOS SUBMETIDOS À INTERVENÇÃO FISIOTERAPÊUTICA

Fábio Marcon Alfieri, Rosana Macher Teodori, Rinaldo Roberto Jesus de Guirro

Resumo


Alterações durante o envelhecimento podem promover mudanças no controle postural. O objetivo deste trabalho foi verificar os efeitos de um programa regular de intervenção fisioterapêutica sobre a distribuição da pressão plantar. A intervenção foi aplicada a 29 idosos com idade média de 63,06 2,84 anos, durante 3 meses, a qual constou de exercícios de aquecimento, flexibilidade, estimulação proprioceptiva e estimulação sensorial cutânea plantar. Os exames de baropodometria foram realizados antes e após a intervenção, utilizando-se de uma plataforma de pressão computadorizada (MatScan-Tekscan®). Os resultados foram analisados pelos softwares Statística 6.0 e Graph Pad Instat. As médias foram comparadas pelo teste t de Student com significância de 5%. Após intervenção verificou-se que a área de contato da superfície plantar aumentou significativamente para as posições bipodais, tanto com os olhos abertos 7%, quanto com os olhos fechados 6,5%. Para as posições unipodais com olhos abertos ou fechados não houve diferença significativa. Com relação ao pico de pressão, somente a posição bipodal com os olhos abertos apresentou diminuição significativa de 8,5%. Os resultados demonstram que a intervenção proposta foi efetiva quando os voluntários foram examinados na condição bipodal. Estas mudanças sobre a distribuição da pressão plantar podem permitir melhora no controle postural em indivíduos idosos, tornando-os menos propensos a quedas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.