EXERCÍCIOS PERINEAIS, ELETROESTIMULAÇÃO E CORREÇÃO POSTURAL NA INCONTINÊNCIA URINÁRIA – ESTUDO DE CASOS

Natália Camargo Rodrigues, Daniela Scherma, Raquel Agnelli Mesquita, Jussara de Oliveira

Resumo


A incontinência urinária (I.U.) é um problema que afeta mulheres de todas as idades. Este trabalho objetivou verificar a eficácia dos exercícios perineais e da eletroestimulação perineal, associados à correção postural,
como modalidades fisioterapêuticas de intervenção em três pacientes do sexo feminino, com queixa de I.U. A intervenção constou de avaliações fisioterapêuticas, iniciais e finais, consistindo de dados clínicos, exame
físico e postural. Foram coletados os seguintes dados: Teste do Absorvente (Pad -Test), Avaliação Funcional do Assoalho Pélvico (AFA) e Escala Visual Análoga (EVA) para sensações de umidade e desconforto. O
programa de tratamento constou de 10 sessões fisioterapêuticas utilizando exercícios perineais supervisionados e eletroestimulação perineal. As três voluntárias foram submetidas a exercícios para o realinhamento do equilíbrio estático pélvico e correção postural, prescritos conforme diagnóstico evidenciado em Avaliação Fisioterapêutica inicial de cada uma. Após a intervenção, houve diminuição da perda urinária, ganho de força muscular do assoalho pélvico, com melhora do mecanismo esfincterial e diminuição das sensações de umidade e desconforto. A pelve foi estaticamente equilibrada e houve ganho de flexibilidade muscular das
cadeias anterior e posterior, indicando uma correção postural. A intervenção proposta neste estudo mostrouse eficaz no tratamento da I.U. das três pacientes.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.