Práticas sociais e de comunicação de pacientes renais no Facebook da Fundação Pró-Rim

Andréia Jacopetti

Resumo


As redes colaborativas na internet têm potencializado práticas de comunicação e sociabilidade de públicos ligados aos mais diversos contextos. Na área da saúde, a participação e a colaboração de pacientes na internet originou o conceito de Health 2.0 e tem crescido graças aos seus potenciais de compartilhamento de experiências, ajuda mútua e interação com outros pacientes. De natureza quantitativa e qualitativa, o estudo em tela tem como corpus os pacientes renais ligados às redes sociais da Fundação Pró-Rim e utiliza como método a realização de entrevistas em profundidade, a observação participante e a Netnografia no Facebook da instituição.


Palavras-chave


Comunicação; Colaboração; Saúde 2.0; Pacientes; Redes sociais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rec.v12i27.22359

Apontamentos

  • Não há apontamentos.