Comissão de ética no uso de animais: Trajetória, avanços e compromissos da CEUA da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP)

Júlio César André, Elizabeth Abelama Sena Somera

Resumo


A trajetória da Comissão de Ética no Uso de Animais da FAMERP é motivo de relevante defensoria, já que é ação institucional indireta em prol do melhoramento das condições de oferta do curso de Medicina, eleva a bandeira da Bioética Animal, contextualiza o processo de ensino-aprendizagem e de pesquisa, proporciona habilidades técnicas e conceituais, dentre outras. Os avanços ocorreram ao longo de 14 anos, período em que é possível afirmar com mais propriedade o aprimoramento constante desse serviço voluntário e relatar o compromisso dos membros da CEUA em consonância com a legislação, mas acima de tudo, com a consciência de que o desenvolvimento do ensino e pesquisa por meio dos animais jamais minimizará o respeito, a consideração e a ética que lhes são devidos e o esforço coletivo na busca da diminuição do seu uso para as atividades, visando a troca por métodos alternativos. No presente trabalho, relatamos o percurso já efetuado com dados e informações que ilustram o trabalho e os avanços, o que justifica sua existência local e no estado de São Paulo.

Palavras-chave


Bioética Animal; CEUA; Ensino e Pesquisa; Equipe Multidisciplinar

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/estud.biol.36.SE.06

Apontamentos

  • Não há apontamentos.