TUTORIA COMO ESPAÇO DE INTERAÇÃO EM EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

Carlos Alberto Souza, Fernando José Spanhol, Jeane Cristina Oliveira Limas, Marlei Pereira Casso

Resumo


O advento das mídias eletrônicas, no século XX (rádio, televisão e Internet) permitiu a dinamização da Educação a Distância em Instituições de Ensino e, conseqüentemente, a compressão do tempo e espaço, na área educacional. Hoje, graças aos avanços tecnológicos, já não há necessidade de deslocamentos e o tempo para estudar passou a ser determinado pelo próprio aluno. A educação a distância, com a utilização desses inúmeros recursos didáticos e tecnológicos, dos quais se destaca o computador, está possibilitando o acesso ao ensino de milhões de pessoas, antes excluídas do processo educacional. Enquanto que na educação convencional a responsabilidade de conduzir as atividades é do professor; na EaD os alunos são artífices de seu próprio desenvolvimento, autonomia conquistada por meio de uma relação interativa de troca de saberes. E, nesse contexto, o tutor desponta como peça chave. Cabe a este profissional acompanhar as atividades discentes, motivar a aprendizagem, orientar e proporcionar ao estudante condições de uma aprendizagem autônoma, por meio de um processo de constante interação e mediação.

Texto completo:

PDF

Referências


APARICI, R. Mitos de la educación a distancia y de las nuevas tecnologías. In: MARTÍN RODRÍGUEZ, E. et. al. La educación a distancia en tiempos de cambio: nuevas generaciones vejos conflitos. Madrid: De la Torre, 1999. p. 177-192.

ARREDONDO, S. C.; GONZÁLES, J. A T. Acción tutorial en los Centros

Educativos: Formación y Práctica. Madrid: Faster, 1998

CASSOL P. M. O Intercâmbio do Saber. Florianópolis, 2002. Dissertação

(Mestrado em Engenharia da Produção) - Universidade Federal de Santa Catarina, 2002.

FERREIRA, M.M.S.; REZENDE. R.S.R. O trabalho de tutoria assumido pelo Programa de Educação a Distância da Universidade de Uberaba: um relato de experiência. 2003. Disponível em: www.abed.org?seminãrios2003/testo19.htm. Acesso em: 13 mar. 2004.

GARCIA ARETIO, Lorenzo. Educación a distancia hoy. Madrid: IUED, 1996.

NEDER, M. L. C. A formação do professor a distância: diversidade como base conceitual. Belo Horizonte, 1999. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de Minas Gerais, 1999.

PRETTI, Orestes. Educação a distância: construindo significados. Cuiabá: NEAD/ IE, UFMT, 2000.

RODRIGUES, E. M. La Investigación sobre educación a distancia el ámbito iberoamericano: sus características, avances y retos. Revista iberoamericana de Educación Superior a Distancia, v.1, oct. 1997.

SÁ, I. M. A. A educação a distância: processo contínuo de inclusão social. Fortaleza: CEC, 1998.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rde.v4i13.7028

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat