O AMBIENTE AMANDA: UMA REFERÊNCIA PARA INTENSIFICAR A INTERATIVIDADE EM FÓRUNS COM MEDIAÇÃO AUTOMATIZADA

Silma Côrtes da Costa Battezzati, Flávio Bortolozzi.

Resumo


Este artigo apresenta as características do Ambiente Virtual AMANDA - Ambiente de Mediação à Análise de Discussões Argumentativas, desenvolvido para mediar discussões em grupo e reduzir problemas de falta de interatividade em fóruns. O AMANDA é um sistema inovador que organiza em árvores estruturadas, por meio da aplicação de técnicas de inteligência computacional, as discussões argumentativas dos membros que trocam informações em ambientes de comunicação mediada por computador - CMC, em modalidade assíncrona. É um ambiente virtual inteligente, pois a mediação das discussões se dá totalmente por algoritmos, dispensando a interferência contínua de um mediador humano e facilitando o trabalho dos professores em atividades de aprendizagem colaborativa. Uma das principais vantagens do AMANDA é permitir que, por meio das fichas de discussões, as pessoas possam debater assuntos diferentes ao mesmo tempo. Para avaliar como a mediação automatizada por AMANDA poderia intensificar a interação e a externalização do conhecimento entre estudantes em fóruns voltados a atividades de aprendizagem colaborativa, realizamos, no ano de 2002, uma experiência com um grupo de alunos do Programa de Mestrado em Educação da PUCPR. Nessa atividade consideramos a importância de alguns mecanismos apresentados na Teoria da Criação do Conhecimento Organizacional (1997). Os resultados da experiência demonstraram que o AMANDA apresentou desempenho satisfatório na automação do encaminhamento das questões e dos argumentos, sem a necessidade da intervenção do professor e para provocar a externalização de conhecimentos, por meio de acordos ou desacordos, integrais ou parciais, entre os estudantes.

Texto completo:

PDF

Referências


ALCANTARA, P.R.; BERHENS, M. A.; CARVALHO R.G. CD ROM do projeto PACTO: pesquisa em aprendizagem colaborativa com tecnologias interativas (1999 – 2000). Curitiba: Pontifícia Universidade Católica do Paraná, 2001.

BATTEZZATI, S. A Aprendizagem Colaborativa em Fóruns com Mediação Automatizada: o ambiente AMANDA. Curitiba. Dissertação (Mestrado) Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba, 2003.

BEHRENS, M.A. Projetos de aprendizagem colaborativa num paradigma emergente. In: MORAN, J.M.; MASETTO, M.T.; BEHRENS, M.A. Novas tecnologias e mediação pedagógica. Campinas: Papirus, 2000.

ELEUTERIO, M. AMANDA A computational method for mediating asynchronous group discussions. Tese (Doutorado) - PUCPR e University of Compiègne (UTC)Curitiba, 2002.

GIOVINAZZO, R.; A. FISCHMANN, A. A. Delphi Eletrônico: uma experiência de utilização da metodologia de pesquisa e seu potencial de abrangência regional. In: CONGRESSO LATINO AMERICANO DE ESTRATÉGIA, 14., Buenos Aires, 2001. Anais... Buenos Aires: [s.n.], 2001.

GIOVINAZZO, R. & WRIGHT T. C. Modelo de Aplicação da Metodologia Delphi pela Internet: vantagens e ressalvas. Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado FECAP. V. 2, n. 2, abr./ jun. 2001 Disponível em http:// www.fecap.br/adm_online/art22/renata.htm

NONAKA, I et al. Criação de conhecimento na empresa. Trad. Ana Beatriz Rodrigues, Proscilla Martins Celeste. 7 ed. Rio de Janeiro, RJ.: Capus, 1997.

PALLOF, R. Construindo comunidades de aprendizagem no ciberespaço. Porto Alegre: Artmed, 2002.

TUROFF, M.; LINSTONE, H. The delphi method. New York: Addison Wesley, 1975.

TUROFF, M.; Hiltz, S. Computer support for group versus individual decisions, IEEE Transactions on Communications, 1982.

WRIGHT, J. Método Delphi. Caderno de Pesquisas em Administração da Universidade de São Paulo. v. 1, n. 12, jul./dez. 2002. Disponível em http:// www.fia.com.br/profuturo/seminarios




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rde.v4i12.6992

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat