NOVAS TECNOLOGIAS, NOVAS COMPETÊNCIAS

Vera Lucia Casteleins

Resumo


Este artigo demonstra que a era da informação e das novas tecnologias requer uma profunda revisão do sistema educativo, especificamente neste, dos professores, tendo em vista que a cultura que envolve um povo e seus modos de viver alteram seus sistemas de valores e crenças, seus instrumentos de trabalho, seus tipos de organização social, seja ela familiar, econômica, educacional, trabalhista, institucional, política ou religiosa, além de todas as dimensões éticas e estéticas bem como seus modos de pensar e de fazer.

 


Texto completo:

PDF

Referências


DELORS, J. et al. Educação um tesouro a descobrir. Relatório da Comissão Internacional sobre a Educação para o século XXI. Paris: Unesco/Rio Tinto: Asa, 1996.

LÉVY, Pierre. As tecnologias da Inteligência: o futuro do Pensamento na era da informática. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1994.

LYOTARD, J.C. O pós-moderno. Rio de Janeiro: José Olimpio, 1993.

MORAES, Maria Cândida. O paradigma educacional emergente. Campinas: Papirus, 1997.

NERSESSIAN, N. Opening the black box. Cognitive science and history of science. Osiris, nº 10, 1995.

PAPERT, S. Logos: computadores e educação. São Paulo: Brasiliense, 1986.

PIAGET, Jean. Aprendizagem e conhecimento. Rio de Janeiro: Forense, 1974.

VALENTE, J. A. Computadores e conhecimentos: repensando a educação. Campinas: Unicamp, 1993.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rde.v3i5.4741

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat