O que mudar na educação? – Representações sociais de alunos de Pedagogia

Bruna Luise da Silva Sant’Ana, Daniela Barros da Silva Freire Andrade

Resumo


Este estudo objetivou investigar as representações sociais de acadêmicos de Pedagogia da Universidade Federal de Mato Grosso, sobre mudanças na Educação. A pesquisa baseou-se na Teoria das Representações Sociais (MOSCOVICI, 1978; JODELET, 2005), bem como nos estudos sobre mudanças no contexto educacional. Foram realizadas 40 entrevistas semi-estruturadas, distribuídas nas quatro séries da graduação. O corpus pelas entrevistas foi processado no software ALCESTE, sendo utilizada sua análise padrão e também a análise tri-croisé referente à variável Ano. Observou-se que as representações sociais dos acadêmicos em Pedagogia da UFMT, sobre mudanças na Educação, fazem um movimento entre o engajamento individual frente à sua formação e sobre as necessidades de mudanças na Educação, transformando-se ao longo do curso em uma queixa imobilizadora, que parece substituir a atitude de implicação frente às mudanças.

Texto completo:

PDF

Referências


ARRUDA, A. Mudança e representação social. Temas em Psicologia da SBP, v. 8, n. 3, p. 241-241, 2000.

BENTO GUTH, F. Representações sociais de licenciandos em ciências biológicas e educação física da UFMT, sobre o futuro do trabalho docente: um estudo sobre razões para ser professor, atividades docentes atuais e futuras, e do que dependerá o trabalho do professor. 2008. 326 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 2008.

CÂNDIDO, F.; BATISTA, C. M. P. Ouvindo professores. Cuiabá: EdUFMT; FAPEMAT, 2008. (Educação e Psicologia, v. 11, Coordenação Eugênia Coelho Paredes).

JODELET, D. Representações sociais: um domínio em expansão. In: JODELET, D. (Org.). As representações sociais. Tradução Lilian Ulup. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2001. p. 17-44.

JODELET, D. Loucuras e representações sociais. Petrópolis: Vozes, 2005.

MORGADO, L. C. Currículo e profissionalidade docente. Porto: Porto Editora, 2005.

MOSCOVICI, S. A representação social da psicanálise. Tradução Álvaro Cabral. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

MOSCOVICI, S. Representações sociais: investigações em psicologia social. Tradução Pedrinho A. Guareschi. Petrópolis: Vozes, 2003.

SILVA, I. A. A linha do tempo e as representações sociais de professores do ensino fundamental acerca da escola em Cuiabá. 2004. 155 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, 2004.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rde.v11i33.4381

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat