METODOLOGIA DA PESQUISA EM EDUCAÇÃO: ANALÍTICA E DIALÉTICA

Antonio Edmilson Paschoal

Resumo


Este artigo surgiu no contexto de uma discussão sobre Metodologia da Pesquisa em Educação, com o propósito de apresentar alguns de seus pressupostos básicos – a Analítica e a Dialética – a partir da idéia de que não se pode dissociar, em tal pesquisa, a produção do conhecimento de sua explicitação.

Texto completo:

PDF

Referências


CIRNE-LIMA, Carlos. Dialética para principiantes. 2. ed. Porto Alegre:

EDIPUCRS, 1997.

GAMBOA, Silvio A. Sanchez. “A Dialética na Pesquisa em Educação: elementos de contexto. In: FAZENDA, Ivani (org.). Metodologia da Pesquisa Educacional. 4. ed. São Paulo: Cortez, 1997.

GOLDSCHMIDT, Victor. “Tempo histórico e tempo lógico na interpretação de sistemas filosóficos”. In: A Religião de Platão. 2. ed. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1970, p. 139 – 147.

HEGEL, Georg W. Friedrich. Wissenschaft der Logik. 4. Aufl. Frankfurt am

Main: Suhrkamp, 1996.

IMBERT, Claude e outros. Filosofia Analítica. Lisboa: Gradiva, s/d.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia Científica. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2000.

MARX, Karl. Manuscritos econômicos e filosóficos e outros textos escolhidos. São Paulo: Victor Civita, 1974.

MORA, José Ferrater. Dicionario de Filosofía. 5. ed. Madrid: Alianza Editorial, 1986.

PLATÃO. A República. 8. ed. Lisboa: Caloustre Gulbenkian, 1996.

RITTER, Joachim; GRÜNDER, Karlfried. Historisches Wörterbuch der

Philosophie. Basel: Schwabe & Co Ag., 1989.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rde.v2i3.3538

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat