A AVALIAÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA PUCPR: UMA INTERPRETAÇÃO NECESSÁRIA

Lilian Anna Wachowicz, Maria Amélia Sabbag Zainko

Resumo


As instituições ligadas à educação escolar têm a capacidade de certificação, ou seja, uma atribuição regimental de qualificar ou desqualificar cursos, programas, alunos e professores, capacidade essa que, por sua vez, desencadeia toda uma "dinâmica interna de ritos de avaliação reiterados que acabam desembocando em uma qualificação final" (ANDRÉ, 1996). A avaliação com certificação está entre as funções sociais que a educação cumpre, em uma sociedade na qual o nível de escolaridade alcançado, ou o grau de rendimento que se obtém nos estudos cursados, têm a ver em grande parte com os mecanismos e oportunidades de entrada no mercado de trabalho (SACRISTÁN, 1998, p. 324 ).

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRÉ, Marli E. D. A. Avaliação escolar: além da meritocracia e do fracasso. Cadernos de Pesquisa, n.º 99, nov. São Paulo : 1996.

DIAS SOBRINHO, José. A educação superior e a construção do futuro.

InformAndes. Andes – SN. Ano IX, n. 84, Agosto 1999.

PERRENOUD, Philippe. Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens. Entre duas lógicas. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1999.

SACRISTÁN, J. Gimeno e PÉREZ GOMEZ, A, I. Compreender e tranformar o ensino. Porto Alegre : Artes Médicas, 1998.

SAUL, Ana Maria e ABRAMOWICZ, Mere. Avaliação da pós-graduação: superamos os limites? Educação Brasileira. Revista CRUB, 19 (38), p. 111-119, 1.º sem. 1997.

SPINK, Mary Jane. Desvendando as teorias implícitas: uma metodologia de análise das representações sociais. Textos em representações sociais.

GUARESCHI, Pedrinho e JOV CHELOVITCH, Sandra (org.). 3 ed. Petrópolis : Vozes, 1997.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rde.v1i2.3475

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat