MEMÓRIAS DE PROFESSORES: UMA EXPERIÊNCIA DE PESQUISA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE ENSINO SUPERIOR

Maria Lourdes Rocha de Lima

Resumo


Neste trabalho buscamos aprofundar a leitura teórica das memórias de professores mais marcantes, fazendo estudos sobre a socialização profissional do professor universitário conforme as pesquisas feitas por Garcia (1999), associando-os aos estudos de saberes de professores elaborados por Tardif (2002). Partimos do pressuposto de que as memórias dos professores selecionados pelos alunos de pós-graduação deveriam expressar certas habilidades básicas, para lidar com os processos de ensino e aprendizagem, constituindo assim o processo de socialização prévia. Nesta perspectiva os saberes experenciais do professor não se baseiam unicamente na prática de sala de aula, mas decorreriam, em grande parte, das pré-concepções do ensino e da aprendizagem herdadas da história escolar. Concluímos que as memórias de professores mais marcantes, os saberes docentes e a socialização profissional são processos sociais inter-relacionados e são indissociáveis como formação docente.

Texto completo:

PDF

Referências


DUBAR, C. A socialização: construção de identidades sociais e profissionais. Portugal. Porto, 1997.

GARCIA, C. Marcelo. Formação de professores: para uma mudança educativa. Portugal. Porto, 1999.

LIMA, M. L. R.. A memória educativa no projeto de formação de professores do ensino superior: o fazer é sobretudo criação. Tese (Doutorado)-

FEUSP, São Paulo, 1995

LORTIE, D. C. Schooltheacher: a sociological study. Chicago: University of Chicago, 1975.

LUCAS, A. El processo de socializa: um enfoque sociológico. Revista Española de Pedagogia, n. 173, p. 357 – 370, 1986.

LUDKE, M. Os professores e sua socialização profissional. In: REALI, A.M.M.R, MIZUKAMI, M.G.N. (Org.). Formação de professores: tendências atuais. São Carlos: EDUFSCAR, 1996. p. 25 – 46.

NUNES, J. B. C. Aprendendo a ensinar: um estudo desde a perspectiva da socialização docente. ANPED, Caxambu, CD Rom, 2002.

RAYMOND, D. et al. Savoirs pré-professionnels et formation fundamentale: approche autobiographique. In: GAUTHIER, C., MEL – LOUKI, M.; TARDIF, M. (éds). Le savoir des euseignants: unité et diversité. Montreal: Logiques, 1993. p. 137 – 168.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis:

Vozes, 2002.

ZEICHNER, K. M. Dialéctica de la socializatión del professor. Revista de

Educatión, Madri, n. 277, p. 95 – 123, 1985.

ZEICHNER, K. M. ; Gore, J. M. Theacher socialization. In: Houston, W. R. (Ed.) Handbook of research on teacher education. New York: Macmillan, 1990.p. 329 – 348.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rde.v6i19.3139

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat