A INTERAÇÃO PROFESSOR-ALUNO EM SALA DE AULA NO ENSINO SUPERIOR: o curso de administração de empresas

José Rubens Lima Jardilino, Derly Jardim do Amaral, Delmário Ferreira Lima

Resumo


Este artigo tem como finalidade apresentar os resultados de uma pesquisa sobre a interação professor-aluno em sala de aula. Para a coleta de dados foram utilizados os métodos qualitativo e quantitativo. O primeiro com uso de entrevistas e o segundo com questionários. Os dados da entrevista foram submetidos à Análise de Conteúdo e os dados dos questionários à Análise Fatorial. A amostra foi composta de alunos de 8º semestre dos três períodos do curso de Administração de duas universidades privadas, ambas localizadas na cidade de São Paulo. Os resultados finais sugerem que os alunos valorizam a atuação do professor que adota uma abordagem humanista na sua opção pedagógica. Nesta abordagem, o professor exerce um papel de facilitador de um aprendizado centrado no aluno.

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, M. C.; MASETTO, M. T. O professor universitário em aula: prática e princípios teóricos. 8. ed. São Paulo: MG Ed. Associados, 1990.

ALMEIDA, L. R. et al. A entrevista na pesquisa em educação e a prática reflexiva. Brasília: Líber Livro, 2004.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2000.

CHARLOT, B. et al. Les Jeunes el le Savoir: perspectives internacionales. Paris: Anthropos, 2001.

EDER, D.; FINGERSON, L. Interviewing children and adolescents. In:

GUBRIUM, J. F.; HOLSTEIN, J. A. (Ed.). Handbook of interview research: context and method. London: Sage, 2001. p. 181-201.

GODOY, A. S. Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 35, n. 2, p. 57-63, 1995.

HAIR Jr, J. F. et al. Multivariate data analysis. 5th ed. New Jersey: Prentice Hall, 2005.

JARDILINO, J. R. L.; NOSELLA, P. (Org.). Os professores não erram: ensaios de história e teoria sobre a profissão de mestre. São Paulo: Xamã; Pulsar, 2005.

MASETTO, M. T. Competência pedagógica do professor universitário. São Paulo: Summus, 2003.

MIZUKAMI, M. G. N. Ensino: as abordagens do processo. São Paulo: EPU, 1986.

NEWMAN, I.; BENZ, C. R. Qualitative-quantitative research methodology: exploring the interactive continuum. Carbondale: Southern Illinois University Press, 1998.

POLAND, B. D. Transcription quality. In: GUBRIUM, J. F.; HOLSTEIN, J. A (Ed.). Handbook of interview research: context and method. Thousand Oaks: Sage, 2001. p. 629-649.

RIOS, T. A. Compreender e ensinar: por uma docência da melhor qualidade. São Paulo: Cortez, 2001.

SALVADOR, C. Aprendizagem escolar e construção do conhecimento. Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

SILVERMAN, D. Interpreting qualitative data: methods for analyzing talk, and interaction. 2nd ed. Thousand Oaks: Sage, 2001.

TIERNEY, W. G.; DILLEY, P. Interviewing in education. In: GUBRIUM, J. F.; HOLSTEIN, J. A. (Ed). Handbook of interview research: context and method. Thousand Oaks: Sage, 2001. p. 453-471.

ZABALA, A. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: Artmed, 1998.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rde.v10i29.3064

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Editora Universitária Champagnat