O conceito de socialização no Ensino Médio: a formação dos professores de Ciências Sociais do PARFOR

Geraldo Pedro da Costa Filho

Resumo


Com o retorno obrigatório da disciplina sociologia ao currículo escolar, em 2008, e como consequência de pesquisas que realizo nos últimos anos sobre o processo de socialização e a relação entre cérebro e comportamento nos adolescentes/jovens, utilizando como referências Berger e Luckmann (1983) e Herculano-Houzel (2005), procurei desenvolver um programa metodológico teórico e empírico para, em primeiro lugar, conhecer a situação do ensino de sociologia no país, com Silva (2007) e Mascarenhas (2012) e, em seguida, analisar a formação dos professores licenciados em Ciências Sociais, do programa do Ministério da Educação denominado Plataforma Freire (PARFOR), executado pela Universidade Federal do Piauí, especificamente na abordagem do tema socialização. Com esse objetivo, apliquei questionários cujos resultados são apresentados em tabelas, que apontam para deficiências de compreensão mais ampla do conceito de socialização, principalmente em relação a transformações do cérebro.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/1981-416X.18.057.AO06

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Revista Diálogo Educacional