Nicho polínico de Apis mellifera L. na Caatinga durante a floração de Mimosa tenuiflora (Willd.) Poiret

Vitória Inna Mary de Sousa Muniz, José Elton de Melo Nascimento, Jânio Angelo Felix, José Everton Alves

Resumo


O objetivo deste trabalho foi conhecer a composição da flora apícola da Caatinga com importância para A. mellifera durante o período de florescimento da jurema preta (Mimosa tenuiflora), bem como descrever morfologicamente os grãos de pólen desta espécie e as preferências de A. mellifera para os recursos tróficos disponíveis na flora local nesta época. O presente trabalho foi desenvolvido numa área de vegetação típica de Caatinga, na zona rural de Sobral, Ceará, em 2017, durante o período que coincidiu com o florescimento da jurema preta (agosto a outubro) e com o período de escassez de chuvas. A metodologia buscou identificar as espécies de plantas em florescimento neste período que faziam parte da dieta polínica de A. mellifera, bem como as características da flora polinífera relacionadas à diversidade, equitatividade e dominância na área investigada. Os resultados mostraram que poucas espécies da Caatinga fornecem pólen para a dieta das abelhas africanizadas durante o segundo semestre do ano. O tipo Cyperaceae 1 foi o preferido para a coleta de pólen pelas colônias de A. mellifera, sucedido pela jurema preta. Os resultados desse trabalho também colaboram para o conhecimento da estrutura do nicho trófico de A. mellifera, fornecendo subsídios para o manejo desse polinizador e para a conservação da biodiversidade da Caatinga no nordeste do Brasil.


Palavras-chave


Flora polinífera. Apicultura. Abelhas africanizadas. Biodiversidade. Semiárido

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.7213/2596-2868.2020.18006

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Editora PUCPRESS