Análise econômica de sistemas de gestão de resíduos sólidos urbanos: o caso da coleta de lixo seletiva em Palmas, TO

Waldecy Rodrigues, Willian Cardoso Santana

Resumo


Objetiva-se por esse estudo analisar a viabilidade econômica da implantação de um sistema de coleta de lixo seletiva (SCS) no município de Palmas, Tocantins, considerando as relações entre os custos operacionais do sistema e os benefícios econômicos gerados sob o ponto de vista do contribuinte. Para tanto, utilizou-se do Método de Valoração Contingente (MVC) para estimar os benefícios decorrentes dos serviços prestados a partir da disposição a pagar (DAP) pelos diferentes sistemas de coleta. Além disso, apresentaram-se os custos da coleta convencional e estimaram-se os custos da coleta seletiva. Finalmente, conclui-se que a variação econômica do bem-estar do cidadão não seria compensada na eventual implantação da coleta seletiva na cidade de Palmas. Porém, a decisão sobre a implantação desse sistema deve ter as variáveis econômicas apenas como um dos parâmetros a serem adotados, uma vez que os inúmeros benefícios que a coleta seletiva traz para as gerações atuais e futuras extrapolam a avaliação econômica dos indivíduos sobre seu bem-estar presente.

Palavras-chave


Sistema de coleta de lixo seletiva; Método de valoração; Contingente; Palmas, TO

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.