Habitação socialmente organizada, uma nova abordagem à estrutura urbana II: sugestões práticas para que os projetos funcionem

Nikos Salingaros, David Brain, Andrés Duany, Michael Mehaffy, Ernesto Philibert-Petit

Resumo


Desenvolvemos aqui nossa proposta para habitação social planejada e criada de acordo com as melhorespráticas baseadas em evidências. A partir de tradições locais e ferramentas urbanas inovadoras, o tecidourbano pode ser construído de forma a conectar-se positivamente ao usuário, ao invés de concordar comalgum traçado geométrico abstrato ideal. A falha em proceder com este modo esclarecido normalmenteleva a geometrias estéreis que não poderão nunca acomodar a vida social. Infelizmente, essa é a maneirapela qual a habitação social foi planejada por décadas, seguindo noções simplistas de ordem e eficiência.Essa abordagem não é apenas desatualizada, mas tem se mostrado como destruidora da sociedade. Temosconsiderado os múltiplos fatores que influenciam a reforma desse sistema, dando ênfase aos pontos em quemudanças drásticas se fazem necessárias (na filosofia e ideologia do urbanismo) e onde o sistema existente(nas práticas legais e construtivas) pode continuar funcionando apenas com pequenos ajustes. Felizmente,uma completa renovação de métodos construtivos urbanos podem ser implementados mantendo grandeparte da estrutura institucional existente.

Palavras-chave


Habitação social; América Latina; Linguagem de padrões; Códigos geradores

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.