Urbanismo, cultura e globalização em Portugal: modelos analíticos e de desenvolvimento territorial

Paulo Castro Seixas

Resumo


As cidades têm sido concebidas como actores chave face aos processos globais desde o último quarto do séculoXX. Neste quadro, é fundamental perceber-se os diferentes modelos que as cidades utilizam para responder aosdesafios globais. O artigo analisa o estado da arte em Portugal na relação entre cidade e globalização nos últimos25 anos, no âmbito das ciências sociais e sua relação com as políticas públicas. São caracterizados quatromodelos analíticos e de desenvolvimento territorial que respondem aos desafios globais: o da Metrópole, o daMetropolização, o da Intermediação Sócio-Cultural e o da Criatividade Urbana. Propõe-se, em função de tal síntese,uma visão multinível e sua importância no desencadear de novas políticas públicas urbanas e territoriais.

Palavras-chave


Cidades; Globalização; As políticas urbanas; Estudos urbanos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.