Entre espaços urbanos e digitais, ou o desdobramento da prática

Vinicius de Moraes Netto

Resumo


O presente trabalho discute a natureza dos espaços urbanos e digitais, e os modos como a prática socialemerge e se bifurca entre a experiência concreta, histórica dos lugares da cidade, e a materialidade elusivadas redes digitais e telemáticas de comunicação. Analisa, também, as condições de produção da prática emum contexto de crescente presença de tecnologias de informação e comunicação – uma realidade sociotécnicamarcada por propriedades como transpacialidade e mobilidade, multiplicidade e simultaneidade. Aoinvestigar as condições dessas materialidades distintas como inerentes à prática, o texto traz a proposiçãode um papel do espaço urbano potencialmente renovado por essa complexificação do mundo social. O trabalhosugere três pontos de passagem e entrelace desses espaços, ou de retorno da prática ao concreto: osignificado, o corpo e a centralidade do sujeito e do lugar. Finalmente, propõe-se que, no desdobramentoda prática em redes comunicativas de distintas materialidades, o espaço urbano tem cada vez mais se distanciadodo seu papel original de meio material exclusivo da reprodução social para o de um entre outrosmeios. – contudo, com a incorporação de um novo papel ontológico: o de contraponto fundamental à elusividadedas redes transpaciais.

Palavras-chave


Prática social; Espaço urbano; Ciberespaço; Redes telemáticas

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.