Mobilidade, participação e dados: o caso da aplicação do Waze for Cities Data na cidade de Joinville (SC)

Stella Marina Yurí Hiroki

Resumo


Este artigo descreve a metodologia do projeto Smart Mobility, responsável pela implementação do programa Waze for Cities Data. Desenvolvida pela Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável (Sepud) da cidade de Joinville (SC), tal metodologia tem seu planejamento de mobilidade ancorado em dados sobre o trânsito coletados pela empresa Waze. A partir do conceito de Cidades Inteligentes, a fundamentação teórica analisa a aplicação de Big Data no planejamento urbano orientado a dados, assim como a importância da participação dos cidadãos em projetos de tecnologia. Este estudo também aborda o histórico do aplicativo Waze e do programa de compartilhamento de dados bidirecional Waze for Cities Data. Trata-se de uma análise exploratória de estudo de caso, de caráter qualitativo, cujo instrumento de coleta foi a observação sistemática/não participante. Os resultados demonstram que a utilização dos dados coletados com o auxílio de plataformas de tecnologia pode contribuir para a otimização da gestão urbana, por meio de soluções mais próximas da realidade da população, gerando benefícios em tempo e produtividade. O projeto também posicionou o Brasil como referência mundial na adoção de dados coletados pelo Waze, reforçando, assim, a necessidade de iniciativas semelhantes, que sejam menos tecnocráticas e mais centradas no cidadão.


Palavras-chave


Cidades Inteligentes. Waze. Dados. Mobilidade. Participação.

Texto completo:

PDF

Referências


Alvarez, R. (2017). The Relevance of Informational Infrastructures in Future Cities. Field Actions Science Reports, 17, 12-15. Recuperado em 5 de dezembro de 2019 de http://journals.openedition.org/factsreports/4389

Arnstein, S. R. (1969). A ladder of citizen participation. Journal of the American Institute of Planners, 35(4), 216-224. https://doi.org/10.1080/01944366908977225

Ballon, P., & Graaf, S. van der. (2019). Navigating Platform Urbanism. Technological Forecasting & Social Change, 142, 364-372. https://doi.org/10.1016/j.techfore.2018.07.027

Batty, M. (2013). Big data, smart cities and city planning. Dialogues in Human Geography, 3(3), 274–279. https://doi.org/10.1177/204382061351339

Batty, M. (2016). Big Data and The City. Built Environment, 42(3), 321-336. https://doi.org/10.2148/benv.42.3.321

Benevolo, C., Dameri, R. P., & D’Auria, B. (2016). Smart mobility in Smart City: Action taxonomy, ICT intensity and public benefits. Empowering organizations. Enabling platforms and artefacts, 11, 13-28. https://doi.org/10.1007/978-3-319-23784-8_2

Brasil (2012, 04 de janeiro). Lei n. 12.587/12, de 3 de janeiro de 2012. Institui as Diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana. Brasília: Diário Oficial da União, seção 1.

Buosi, M. de A. (2018). Mobilidade inteligente: proposta de framework de Big Data analytics para análise de dados de mobilidade urbana em uma Smart City (Dissertação de mestrado). Programa de Pós-graduação em Administração, Universidade Estadual de Santa Catarina, Florianópolis.

Cardullo, P., & Kitchin, R. (2019). Being a ‘citizen’ in the smart city: up and down the scaffold of smart citizen participation in Dublin, Ireland. GeoJournal, 84, 1-13. https://doi.org/10.1007/s10708-018-9845-8

Cilo, N. (2019). Brasil é o 5o maior mercado do Waze, diz gerente-geral do app no país. Brasília: Correio Brasiliense. Recuperado em 5 de dezembro de 2019, de https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2019/03/18/internas_economia,743566/entrevista-com-leandro-esposito-gerente-geral-do-waze-no-brasil.shtml

Ciriaco, D. (2009). O que é API? Tecmundo. Recuperado em 8 de dezembro de 2019, de https://www.tecmundo.com.br/programacao/1807-o-que-e-api-.htm

Connected Citizens Program. (2014). Waze Connected Citizens Overview Packet – with Technical Details. Recuperado em 8 de dezembro de 2019, de https://docs.google.com/document/d/1msH86f0Uh9DoRT0srC1a-MMYjhwF8hTqHiR4-AeS72U/edit

Cunha, M. A. V. C. D., Henriques, A. C. V., & Meirelles, F. d. S. (2020). Big data analytics: achievements, challenges, and research trends. Independent Journal of Management & Production, 11(4), 1201-1222. http://dx.doi.org/10.14807/ijmp.v11i4.1085

De Waal, M., & Dignum, M. (2017). The citizen in the smart city. How the smart city could transform citizenship. Information Technology, 59(6), 263–273. https://doi.org/10.1515/itit-2017-0012

Firmino, R. J., & Simão, M. de M. B. (2019). A construção social de um sistema de mobilidade inteligente: mapeando controvérsias no caso do Swipass. Cadernos Metrópoles, 21(44), 331-354. https://doi.org/10.1590/2236-9996.2019-4414Gerhardt, T. E., Ramos, I. C., Riquinho, D. L., & Santos, D. L. dos. (2009). Estrutura do Projeto de Pesquisa. In T. E. Gerhardt, & D. T. Silveira (Eds.), Métodos de Pesquisa (p. 65-88). Porto Alegre: Editora da UFRGS.

Graaf, S. van der. (2018). In Waze We Trust: Algorithmic Governance of the Public Sphere. Media and Communication, 6(4), 1-10. http://dx.doi.org/10.17645/mac.v6i4.1710

Harvey, D. (1996). Do gerenciamento ao empresariamento: a transformação da administração urbana no capitalismo tardio. In L. O. da Silva, & M. C. da Silva Leme (Orgs.), Espaço & Debates: Revista de Estudos Regionais e Urbanos (1a ed., Vol. 39, p. 48-64). São Paulo: Neru.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE. (2019). Joinville. Rio de Janeiro: IBGE. Recuperado em 10 de dezembro de 2019, de https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sc/joinville/panoramaKitchin, R. (2014). The real-time city? Big data and smart urbanism. GeoJournal, 79, 1-14. http://dx.doi.org/10.2139/ssrn.2289141Kitchin R. (2016). The ethics of smart cities and urban science. Philosophical Transactions of the Royal Society A: Mathematical, Physical and Engineering Sciences, 374 (2083), 1-15. https://doi.org/10.1098/rsta.2016.0115

Kitchin, R. (2017). Big Data. The International Encyclopedia of Geography, 1, 1-3. https://doi.org/10.1002/9781118786352.wbieg0145

Levine, U. (2013). Afinal, quais são os segredos de sucesso do Waze?. Recuperado em 5 de dezembro de 2019, de https://administradores.com.br/noticias/afinal-quais-sao-os-segredos-de-sucesso-do-waze

Marchiori, P.Z., & Sanchez, C.S. (2017). Elementos que caracterizam a participação popular no contexto das iniciativas de governo aberto: revisão sistemática da literatura. In IV Encontro Brasileiro de Administração Pública (Vol. 1, p. 50-72). João Pessoa, Paraíba: SBAP.

Menezes, F. (2018). Urbanismo movido a dados: o Big Data como ferramenta de gestão urbana (Dissertação de mestrado). Programa de Pós-Graduação em Gestão Urbana da Escola de Arquitetura e Design, Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Curitiba.

OpenStreetMap. (2020). Cidade Joinville, Região Geográfica Imediata de Joinville, Santa Catarina, Região Sul, Brasil. Recuperado em 1 de junho de 2020, de https://www.openstreetmap.org/relation/296650

Pinto, M. C. (2017). Waze e centros de comando e controle urbanos: estudos de casos no Brasil (Dissertação de mestrado). Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas, Universidade Federal da Bahia, Salvador.

Prefeitura de Joinville. (2019). Smart Mobility: Cidades Inteligentes, Dados abertos de mobilidade. Apresentação da Secretaria de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável para o Prêmio Smart City Business 2019. Joinville: Prefeitura de Joinville.

Rede Brasileira de Cidades Inteligentes e Humanas – RBCIH. (2020). O que são a Rede CHICS e o IBRACHICS?. Brasília: RBCIH. Recuperado em 1 de junho de 2020, de http://redebrasileira.org/institucional

Schiavo, M. (2019). Prêmio InovaCidade. São Paulo: Instituto Smart City Business America. Recuperado em 10 de dezembro de 2019, de http://www.expo.scbamerica.com/site/scbbr2019/premio-inovacidade

Vicente, V. F. (2017). Dados da multidão: análise da parceria entre Waze e prefeitura do Rio De Janeiro. In 5o Simpósio Internacional LAVITS | Vigilancia, Democracia y Privacidad en América Latina: Vulnerabilidades y resistencias (Vol 5, p. 479-499). Santiago, Chile: LAVTIS.

Waze. (2019). Conheça o case de Joinville do Waze For Cities Data. Recuperado em 8 de dezembro de 2019, de https://www.youtube.com/watch?v=xIhccla6onk

Wazeopedia. (2019). Wazeopedia. Recuperado em 8 de dezembro de 2019, de https://wazeopedia.waze.com/


Apontamentos

  • Não há apontamentos.