O parque verde urbano: características do uso através de observação sistemática

Fernanda Berguerand Xavier, Juliana Felipe, Alba Regina Azevedo Arana

Resumo


Entre inúmeros benefícios, parques urbanos promovem oportunidades para a prática de atividades físicas (AF). Em Presidente Prudente – SP, o Parque do Povo é o principal espaço verde público de lazer da cidade. Este artigo objetiva verificar a relação entre parques e AF, e discutir seu potencial em estratégias ambientais de promoção de saúde. O nível de AF e características do uso do parque foram coletados através do System for Observing Play and Recreation in Communities (SOPARC), instrumento que se baseia em observações sistemáticas. A coleta de dados realizou-se em 2015, e 19.105 indivíduos foram observados. O período noturno foi o mais frequentado (53%), a AF moderada predominou (54%), e a sedentária aumentou aos finais de semana. Adultos representaram 59% da amostra, e os homens 65%. Os resultados mostram relação positiva entre o parque e a prática de atividades físicas, e que determinados períodos do dia e da semana, bem como outras preferências dos usuários devem ser observadas para o aumento da eficácia de programas voltados à promoção da saúde em ambientes urbanos.


Palavras-chave


parques urbanos, promoção de saúde, áreas verdes, gestão urbana.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.