São Paulo, megacidade e redesenvolvimento sustentável: uma estratégia propositiva

Carlos Leite

Resumo


O trabalho faz uma reflexão crítica acerca da emergência das megacidades no século XXI para, em seguida, focar a megacidade brasileira, São Paulo, seus desafios e oportunidades em busca de uma reinvenção necessária que traga a agenda de um desejável redesenvolvimento sustentável no âmbito urbano.
O trabalho conclui apresentando um modelo de redesenvolvimento de um território em transformação, a Diagonal Sul, orla ferroviária paulistana. O projeto urbano estratégico apresentado busca investigar oportunidades de reorganização desse território: como implementar o projeto urbano na nossa maior megacidade? A tese é a do reaproveitamento dos vazios urbanos centrais como contraponto à expansão
periférica: adensamento populacional e de atividades onde haja infraestrutura e localização central. Cidade mais compacta é cidade mais sustentável.


Palavras-chave


Projetos urbanos. Desenvolvimento sustentável. Megacidades. São Paulo. Regeneração urbana.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.