The Participative Management of Actors: an Analysis of Decision-Making Through Social Management

Karin Vieira da Silva, Luis Moretto Neto, Anderson Sasaki Vasques Pacheco

Abstract


This paper aims to analyze the participation’s management of organization’s actors in the decision-making processes, using the social management lens. To reach the objective, a case study was carried out in Cooperativa de Pais, Amigos e Portadores de Deficiência of Florianópolis, and the theoretical foundation on social management was brought by to identify its assumptions, and to compare it with the traditional type of management. Regarding data collection and analysis, these were predominantly qualitative, collected through interviews with several participants of the cooperative, analyzed with a content analysis method. As they are main results, there was a coexistence of strategic management and social management in the organizational decision-making process, in other words, it is often participative, opening opportunities for the dialogue among its members and sometimes it is sole to some members, in which the decision is configured hierarchically.


Keywords


Social Management; Cooperative; Deliberative Citizenship.

Full Text:

PDF

References


BOULLOSA, R; SCHOMMER, P. C. Gestão social: caso de inovação em políticas públicas ou mais um enigma de lampedusa? In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISADORES EM GES-TÃO SOCIAL, 2009, Juazeiro do Norte/Petrolina. Anais... Juazeiro do Norte/Petrolina: NIGS/UNIVASAF, 2009.

CANÇADO, A. C. Fundamentos teóricos da gestão social. Minas Gerais: Universidade Federal de Lavras, 2011. Dissertação de Mestrado.

CANÇADO, A. C; VILLELA, L. E; SAUSEN, J. O. Gestão social e gestão estratégica: reflexões sobre as diferenças e aproximações de conceitos. Revista de Gestão Social e Ambiental, 2016. v. 10, n. 3, p. 69.

CASTELLÀ, C; PARÉS, M. Participação e qualidade democrática: uma proposta de crité-rios de qualidade. In: TENÓRIO, F. G. (Org.). Cidadania e desenvolvimento local: critérios de análise. Rio de Janeiro: FGV, 2012, p. 207–264.

COEPAD. Coepad. Cooperativa Social de Pais, Amigos e Portadores de Deficiência, [S.l.], 2012. Disponível em: .

DOWBOR, L. A gestão social em busca de paradigmas. In: RICO, E. de M.; DEGENSZAJN, R. R. (Org.). Gestão Social: uma questão em debate. EDUC ed. São Paulo: [s.n.], 1999, p. 31–42.

FISCHER, T. A gestão do desenvolvimento social: agenda em aberto e propostas de quali-ficação. In: VII CONGRESSO INTERNACIONAL L DEL CLAD SOBRE LA REFORMA DEL ES-TADO Y DE LA ADMINISTRACIÓN PÚBLICA, 2002, Lisboa. Anais... Lisboa: CLAD, 2002. p. 13.

FRANÇA FILHO, G. Definindo gestão social. In: SILVA JR., E. de M. et al. (Org.). Gestão social: práticas em debate, teorias em construção. Juazeiro do Norte: Universidade Federal do Cariri, 2008, p. 37–57.

FRITZEN, A. et al. O controle social à luz da gestão social: a análise do comude de São Valério do Sul/RS. Revista Estudo & Debate, 30 ago. 2017. v. 24, n. 2. Disponível em: . Acesso em: 7 set. 2017.

HABERMAS, J. Técnica e ciência como “ideologia”. Lisboa: Edições 70, 1993.

MAIA, M. Gestão Social: reconhecendo e construindo referenciais. Textos & Contextos (Porto Alegre), 2005. v. 4, n. 1. Disponível em: . Acesso em: 7 set. 2017.

MONJE-REYES, P. Economía solidaria, cooperativismo y descentralización: la gestión social puesta en práctica. Cadernos Ebape. br, 2011. v. 9, n. 3. Disponível em: . Acesso em: 9 set. 2017.

OLIVEIRA, V. A. R; CANÇADO, A. C; PEREIRA, J. R. Gestão social e esfera pública: aproxima-ções teórico-conceituais. Cadernos Ebape. br, 2010. v. 8, n. 4. Disponível em: . Acesso em: 8 set. 2017.

RAMOS, A. G. A nova ciência das organizações: uma reconceituação da riqueza nas nações. Rio de Janeiro: FGV Editora, 1981.

RONCONI, L. F. A. Os dilemas gerenciais do serviço social. Portal Controle Social, [S.l.], 2011. Disponível em: .

SERVA, M. Abordagem substantiva e ação comunicativa: uma complementaridade pro-veitosa para a teoria das organizações. Revista de Administração Pública, 1997. v. 31, n. 2, p. 108–134.

SILVA, K. V. Da. Gestão social e participação nas decisões: estudos de caso em cooperati-vas catarinenses. Santa Catarina: Universidade Federal de Santa Catarina, 2013. Dissertação de Mestrado.

TENÓRIO, F. G. Tem razão a administração? 3. ed. Ijuí: Editora da Unijuí, 2002.

______. Um espectro ronda o terceiro setor, o espectro do mercado: ensaios de gestão social. Ijuí: [s.n.], 2008a.

______. (Re) Visitando o conceito de gestão social. In: SILVA JR., E. de M. et al. (Org.). Gestão social : práticas em debate, teorias em construção. Juazeiro do Norte: Universidade Federal do Cariri, 2008b, p. 37–57.

______ et al. Critérios para a avaliação de processos decisórios participativos deliberativos na implementação de políticas públicas. In: ENCONTRO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E GO-VERNANÇA, 2008, Salvador. Anais eletrônicos... Salvador: Anpad, 2008. Disponível em: . Acesso em: 9 set. 2017.

______. Gestão social: conceito. In: TENÓRIO, F. G.; KRONEMBERGER, T. S. (Org.). Gestão Social e Conselhos Gestores. Rio de Janeiro: FGV Editora, 2016, V. 1, p. 13–34.




DOI: http://dx.doi.org/10.7213/rebrae.v11i2.23773

DOI (PDF): http://dx.doi.org/10.7213/rebrae.v11i2.23773.g22683

Refbacks

  • There are currently no refbacks.