Avaliação da atividade eletromiográfica com ou sem o uso de diversos tipos de calçado, em diferentes planos de locomoção

Geraldo Fabiano de Souza Moraes, Adriana Papini Antunes, Elaine Souza Rezende, Poliana Cardoso Ribeiro de Oliveira

Abstract


Introdução: São muito recorrentes as queixas de mulheres com desconforto na região lombar duranteo uso de sapato de salto. Objetivo: O objetivo deste estudo foi avaliar a atividade eletromiográfica demúsculos da perna e eretores da espinha associada a tipos de calçados e ao andar descalço, nos diferentesplanos de locomoção, nas situações pré e pós-fadiga. Materiais e métodos: Trata-se de um estudo observacionaltransversal, no qual foi utilizado uma amostra de conveniência com 15 mulheres jovens, comidades entre 18 e 35 anos, sedentárias. Os músculos analisados foram: tibial anterior, gastrocnêmio mediale lateral e eretores. A atividade muscular foi avaliada durante a marcha em superfície plana, subindo edescendo escada e rampa. Os calçados utilizados foram salto alto, salto baixo, tênis, chinelo, e também foifeita a avaliação sem o uso deles, ou seja, descalço. Resultados: Os resultados da análise eletromiográficamostrou que os músculos da perna tiveram maior atividade eletromiográfica pré-fadiga e os eretores, pós--fadiga dos membros inferiores, na maioria das condições e situações. Conclusão: Condições adaptativasassociadas ao uso regular de salto alto foram amplamente questionadas em relação à incidência de lesões.Após fadiga de membros inferiores, houve declínio na atividade dos músculos da perna e aumento do recrutamento dos músculos eretores, justificado pela necessidade de maior estabilidade da coluna e dapelve durante a locomoção de mulheres jovens.



DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-51502012000300006

Refbacks

  • There are currently no refbacks.