Linfedema pós-câncer de mama: comparação de duas técnicas fisioterapêuticas – estudo piloto

Nara Fernanda Braz da Silva Leal, Letícia Alves Rios Dias, Hélio Humberto Angotti Carrara, Cristine Homsi Jorge Ferreira

Abstract


Introdução: O câncer de mama apresenta relevantes efeitos físicos e psicológicos. Entre as formas de tratamento,as cirurgias conservadoras, muitas vezes com esvaziamento linfático axilar e seguidas por radioterapia,têm papel preponderante. Uma importante complicação pós-tratamento é o surgimento do linfedemano membro superior homolateral. A principal terapêutica para o linfedema é a fisioterapia complexa descongestiva.A estimulação elétrica vem sendo utilizada na prática clínica para a redução do edema, sendo,por isso, uma nova alternativa para o tratamento do linfedema a ser pesquisada. Objetivo: Realizar um estudopiloto para comparar os efeitos da fisioterapia complexa descongestiva com um protocolo que inclui estimulaçãoelétrica, exercícios terapêuticos e uso da braçadeira elástica na redução do linfedema secundáriocom o esvaziamento linfático axilar. Materiais e métodos: Doze voluntárias foram divididas aleatoriamenteem dois grupos e submetidas a diferentes protocolos terapêuticos (FCD e EAV). A redução do linfedemafoi avaliada por meio da perimetria e da volumetria de ambos os membros superiores. As intervençõesforam realizadas duas vezes por semana por um período de sete semanas. Resultados: Não se observoudiferença na redução do linfedema entre os protocolos utilizados. Conclusão: Com uma amostra pequena de pacientes, não se observaram diferenças entre as técnicas na redução do linfedema quando aplicadas nafase de manutenção. Fatores como tempo de instalação do linfedema, grau de esvaziamento axilar, radicalidadeda cirurgia e aplicação de radioterapia na região afetada contribuem para o estágio do linfedema esucesso de seu tratamento.



DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-51502011000400008

Refbacks

  • There are currently no refbacks.