Efeitos do tratamento fi sioterapêutico na pré-eclampsia

Viviani Fink Fernandes de Souza, Ângela Dubiela, Nelson Francisco Serrão Júnior

Abstract


Introdução: As síndromes hipertensivas gestacionais (SHG) caracterizam uma gestação de alto risco,ocorrendo em 10% a 22% das gestantes, e estando a ela relacionadas as intercorrências clínicas maternofetais.Objetivos: Este trabalho teve por objetivo geral realizar uma pesquisa bibliográfi ca sobre o efeitodo tratamento fi sioterapêutico na pré-eclampsia e, em específi co, avaliar os efeitos do tratamento fi sioterapêuticona diminuição da pressão arterial em gestantes que apresentam fatores de risco para desenvolverema pré-eclampsia. Metodologia: Foi realizada uma pesquisa bibliográfi ca no período de outubrode 2005 a agosto de 2008, tendo como fonte de pesquisas bases de dados eletrônicos, tais como Bireme,Portal da Pesquisa (Capes) e biblioteca particular. Resultados: Foram encontradas 21 referências, entrelivros e periódicos nacionais e internacionais indexados com período de publicação entre 1998 e 2008.Conclusão: Foi verifi cado que a fi sioterapia desempenha um papel importante no tratamento das SHG,principalmente naquelas gestantes que apresentam HAS antes da gestação, pois o exercício aeróbico contribuipara que os níveis de pressão arterial sejam controlados, e também cabe ao fi sioterapeuta orientarquanto a mudanças nos hábitos de vida, a fi m de que os fatores de risco sejam diminuídos.



DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-51502010000400016

Refbacks

  • There are currently no refbacks.