Aquisição do sentar independente na Síndrome de Down utilizando o balanço

Bárbara Godzicki, Patrícia Andrade da Silva, Luziane Bombazar Blume

Abstract


INTRODUÇÃO: Crianças com Síndrome de Down adquirem o sentar independente por volta dos 10 meses de idade, seguindo uma curva de desenvolvimento motor própria para essa síndrome. OBJETIVO: Esta pesquisa objetiva avaliar a eficácia do tratamento por meio do balanço para a aquisição do sentar independente em crianças com Síndrome de Down, sem o uso de quaisquer técnicas de fisioterapia convencional. METODOLOGIA: O estudo caracteriza-se como uma pesquisa descritiva do tipo estudo de caso, realizado no Núcleo de Assistência Integral ao Paciente Especial (NAIPE) de Joinville, SC. Os atendimentos foram individualizados, com duração de 30 minutos, nos quais a criança permanecia sentada num balanço composto por plataforma revestida com Etil vinil acetato (EVA®) colorido e texturizado, realizando-se deslocamentos lineares no sentido ântero-posterior. A amostra do estudo foi composta por três crianças com Síndrome de Down, com idade entre 6 e 7 meses, do sexo feminino, sem controle de tronco para a sedestação sem apoio. RESULTADOS: A média de sessões foi 15 (± 2). CONCLUSÃO: Observou-se que, quando estimuladas precocemente por meio do balanço, essas crianças adquiriram o sentar antes do tempo descrito pela literatura.



DOI: https://doi.org/10.1590/S0103-51502010000100007

Refbacks

  • There are currently no refbacks.